Traduza para o seu idioma

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Sonhos intemporais

Singelas as palavras que me agarram!
Suspiro por entre elas enquanto caminho.
Do meu peito brotam águas que separam
tudo aquilo que escrevo de mansinho.

Anseio por sonhos intemporais
fazendo a minha parte em segurança.
As palavras são espadas para os mortais
que sabem que tudo o que têm é a esperança.

A esperança de viver os seus sonhos
em paz, felicidade e segurança.
O que querem é sentimentos de amor
que escondem em suas almas de criança.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários:

Arquivo do blogue