Sigam o meu blogue! Tenho sempre novidades!

Traduza para o seu idioma

sábado, 14 de junho de 2014

Saudade Antecipada!

Que saudade que sinto
neste meu coração!
Uma saudade antecipada
que me deixa sem reacção.

Suspiros escondidos
do ventre da minha alma.
Instantes vividos
com falta de calma.

Preciso de respostas
mas não sei onde procurar.
A certeza que me tranquiliza
nem tu me podes dar.

É nesta saudade que descanso,
amando o que não posso amar.
Querendo mais da vida
do que ela me pode dar.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Medo de ir ao Dentista


A minha relação com os dentistas nunca foi muito boa. A dor, o mal-estar, a arrogância de alguns médicos e o historial familiar, muito ditaram a minha vontade de fugir a isso. Eu sei que a saúde oral é muito importante, principalmente porque os dentes comunicam com importantes vasos sanguíneos. No entanto, desde pequena que tenho pavor a este assunto. Talvez porque tive o azar de calhar com os piores médicos de sempre. Mas esta manhã fiz um esforço e fiz um rastreio dentário. Pelos 8 anos que fiquei sem ir ao dentista, pensei que estaria pior. Bem também não estou, mas posso resolver com uns "míseros" 530€, coisa pouca para quem não tem neste momento uma fonte mensal de rendimento. Enfim, vamos lá ver o que se seguirá. Espero que o meu quadro não piore até arranjar forma de tratar da minha saúde. 

E vocês, também têm medo de ir ao Dentista? 

Reflexão - Subestimar

Nunca subestime ninguém. Pois até quem nada tem, pode surpreender com a sua simplicidade.

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Portugal - Acróstico especial


Paulo Bento que nos guie!
Oração de Portugal.
Rumo à vitória nos leve
Temos fé no mundial.
Uma equipa bem treinada,
Golos vai certamente marcar.
A selecção já está marcada.
Lusitana praia vai ganhar.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Honestidade adormecida

Os valores estão mortos.
A sociedade andou para trás.
As pessoas parecem meros corpos,
que andam para a frente e para trás.

O que dizem hoje, 
já não se lembram amanhã.
De amnésia se queixam eles.
Suas cabeças são novelos de lã.

Já não há honestidade,
nem aperto de mão.
Apenas vaidade de mostrar
aquilo que eles não são.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Já temos morangos!


Já tenho morangos no meu quintal.
Já posso deliciar-me com o seu sabor.
Não vão durar até ao Natal.
tal é a doçura e o esplendor.

Já tenho morangos para a sobremesa.
Só não sei o que vou fazer.
Se lhes ponho açúcar, ou sal de mesa.
Ou se os colho simples, para comer.

Jovita Capitão, Rainha das insónias.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Poema à Chanfana



Era uma vez uma cabra
que pastava num quintal,
nos campos onde vivia
ninguém lhe fazia mal.

Era um belo animal
de pelo castanho,
de bom porte
e bom tamanho.

Mas certo dia alguém,
esfomeado que estava,
disse que o dia era sagrado
e mandou a cabra " à fava".

Cozinhou a sua carne
que ficou bem tenrinha.
Chamou-lhe chanfana.
Coitada da Cabrinha!

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

A viagem


Saímos da Caparica
em direcção a Fonte Limpa.
Terra de gente simpática.
Lugar de vista supimpa.

Cruzamos montes e vales,
passamos por pontes iguais.
Longo era o nosso asfalto
e a vontade de voar mais alto.

Poetizar era o nosso desejo.
Por isso ao passarmos o Tejo,
iniciamos o nosso cortejo.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

terça-feira, 10 de junho de 2014

Tertúlia de Poesia em Fonte Limpa - Epílogo

Queridos leitores e amigos da Rainha, fiquei de coração cheio depois desta viagem. No sábado, saí de casa bem cedo e embarquei nesta aventura. Uma tertúlia única com grandes amigos e Poetas contemporâneos Portugueses. Estas são apenas algumas imagens daquele dia. Captei ao todo 360 imagens! Como é lógico, não vou carrega-las todas aqui. Mas os participantes têm a oportunidade de ver as fotos através do meu facebook e de as retirar se forem os "modelos" das mesmas. Para me contactar, basta procurar por Jovita Capitão que encontram-me logo! :)

Em breve postarei aqui, tudo o que me vai na alma depois destes momentos. Não sei quando escreverei pois, ainda tenho as ideias soltas. Quando as ideias acalmarem tomarei a decisão de me sentar aqui e escreverei até que as mãos me doam. A minha alma transborda de bons momentos que quero transcrever. E vou fazê-lo!

Palavra de Poeta!




segunda-feira, 9 de junho de 2014

Quero chorar!

Quero chorar, para lavar a alma de pensamentos tolos.
Quero chorar, para libertar-me por completo.
Quero chorar, para mostrar o que sinto.
Quero chorar, para ficar longe do absinto.
Quero chorar, avivando a memória.
Quero chorar, para criar uma nova história.
Quero chorar para aliviar o meu coração.
Quero que o meu choro não seja em vão.
Que daqui em diante só o meu sorriso mantenha.
Para que aquela saudade tamanha que o meu coração sente,
me faça enfrentar a vida de frente, guardando o meu coração para sempre.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Arquivo do blogue