Traduza para o seu idioma

sábado, 28 de setembro de 2013

Chuva

Um som indefinido
acordou-me de madrugada
era a chuva lá fora
que ao de leve me chamava.

Abri a janela de par em par.
Estava escuro como breu.
Encontrei-me com a chuva
que um presente me deu.

O presente de saber
que estou viva
e que mereço ter
a oportunidade de ver
a chuva a cair
antes de ir dormir.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

O Outono chegou!

O vento voltou
e a chuva já se fez sentir.
O tempo mudou
e o sol não voltou a sorrir.

O Outono chegou
e com ele os dias mais frescos
as longas noites mais frias
e os agasalhos mais quentes.

O tempo deixou para trás o Verão.
As praias, a alegria, e o amor.
Volta a chuva e o trovão.
Mas o amor disse que não
e voltou mesmo assim :)

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Frase do dia! - As palavras...

"As palavras sempre ficam, para aqueles que as desejam".

Jovita Capitão.

A viagem da vida

Na viagem da vida
faço a minha parte.
Continuo a trabalhar
e a fazer a minha arte.

Na arte de escrever
viajo eu lentamente
saboreando cada momento com prazer,
salvaguardando assim a minha mente.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

As três Mosqueteiras - Poema de Filomena Castro.



"Pelos campos fora
lá vão as Mosqueteiras.
E nas suas mãos
levam as bandeiras.

A espada à cintura
é só para mostrar,
que com as Mosqueteiras
não se pode brincar.

Cavalos alados têm que montar.
Pelos campos fora vão sempre a cantar.
Cantam ao amor e à felicidade.
E nos corações só têm bondade.

Às mosqueteiras hurra!!!"

Filomena Castro.

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Um poeta nunca se acaba!

Um poeta nunca se acaba.
Apenas seu corpo desaparece.
Pois, as palavras são eternas
e o sentimento não se esquece.

Um poeta nunca se acaba.
Mesmo que chegue a sua hora.
Pois a vida está nas palavras
que ele deita cá para fora.

A força da poesia
atravessa gerações,
e aquilo que eu mais queria
era saber que um dia
recordada serei também.
Na vossa memória,
e nos vossos corações.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Arquivo do blogue