Traduza para o seu idioma

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Um poeta nunca se acaba!

Um poeta nunca se acaba.
Apenas seu corpo desaparece.
Pois, as palavras são eternas
e o sentimento não se esquece.

Um poeta nunca se acaba.
Mesmo que chegue a sua hora.
Pois a vida está nas palavras
que ele deita cá para fora.

A força da poesia
atravessa gerações,
e aquilo que eu mais queria
era saber que um dia
recordada serei também.
Na vossa memória,
e nos vossos corações.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários:

Arquivo do blogue