Sigam o meu blogue! Tenho sempre novidades!

Traduza para o seu idioma

sábado, 18 de abril de 2015

Quanto custa a Liberdade?

Todos ambicionamos ter liberdade para fazer aquilo que gostamos. Uns de uma maneira, outros de outra, procuramos situações que nos possibilitem aproveitar o tempo da melhor forma. Para algumas pessoas, ter liberdade significa ter mais tempo para estar com os filhos. Para outras, liberdade é poder dizer aquilo que lhe apetece. Ainda outras entendem que liberdade é concretizar um sonho. Cada um de nós encontra os seus motivos pessoais para definir onde está a sua liberdade. Mas quanto custa a liberdade?

Esta questão é bastante controversa. Nem todo o tipo de liberdade é benéfica para nós. No entanto, e porque estamos num mês em que se fala tanto de Liberdade, é bom tentarmos perceber o que é que ela significa para cada um de nós e quanto é que ela custa em termos de sacrifícios pessoais.

Para mim, a liberdade é ser independente, fazer aquilo que gosto e não me preocupar com dinheiro, horários ou patrões. Detesto ter de fazer o que os outros pensam que é melhor para mim. O que é bom para mim, pode não ser o ideal para outra pessoa. 

Acima de tudo, liberdade é respeito. Respeito por aquilo que sou, ou que somos. Respeito pela minha essência, ou respeito pela essência do outro. É saber pensar com a minha própria cabeça, mas ter consciência e que o outro também tem as suas próprias ideias. Acho que as ideias podem e devem ser trocadas, nunca visando aprisionar a ideia que o outro tem.

Mas, quanto custa a liberdade? A liberdade pode custar muito. Em que sentido? Se eu quiser ter liberdade financeira, eu tenho de sacrificar o meu tempo para me dedicar a algo que me possibilite isso. Por outro lado, se a escrita for mais importante para mim do que o dinheiro, tenho de sacrificar o orçamento para poder ter mais tempo para escrever. 

A vida é um jogo de decisões que podem afectar a nossa liberdade. Por isso, a liberdade custa aquilo que nós quisermos. Somos nós que definimos aquilo que queremos e como queremos que a nossa liberdade seja. Os outros, podem sempre querer fazer-nos pensar que temos de fazer isto, ou temos de fazer aquilo porque a sociedade assim nos impõe. Mas a realidade é precisamente o contrário. Ou damos a liberdade de decisão aos outros, ou decidimos nós aquilo que queremos ser.

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Quais são os teus sonhos?


Um dia, fizeram-me esta pergunta. Consegui responder? Claro que sim. Quando era criança já sabia aquilo que queria, apesar de acreditar que eram apenas sonhos que nunca se realizariam. Pensava eu, na altura, que não era possível ambicionar tanto. Mas a vida foi-me mostrando que os sonhos podem tornar-se realidade. Já o dizia Fernando Pessoa. " Tenho em mim, todos os sonhos do mundo."

Tenho sonhos, que já se realizaram em parte. Tenho outros que ainda quero realizar. Mas todos eles são possíveis. Basta acreditar e agir em conformidade com aquilo que quero. Eu quis ser Escritora, e consegui! Eu quero ter independência financeira e vou conseguir. E muitos sonhos realizar-se-ão a partir do momento em que tiver possibilidades de investimento.

Aquilo que hoje vos quero transmitir é que não se privem dos vossos sonhos, por mais difíceis que sejam de realizar. O sonho é que comanda a vida e o nosso pensamento. Tudo é possível, se a força interior for maior que os nossos medos. 

Há situações que nos desanimam, há pessoas que invejam o nosso sucesso, há obstáculos no caminho, mas se temos um sonho não devemos esmorecer. Temos de encontrar dentro de nós, a força que precisamos para continuar a jornada rumo ao objectivo.

Hoje, a pergunta que faço, caro leitor e amigo, é: Qual é o seu sonho? Sim! Qual é? E até quando vai ficar fechado naquela gaveta empoeirada? Pense nisto! A vida é uma só, por isso aproveite! Lute e conquiste aquilo que quer. A Felicidade mora dentro de nós e procura apenas uma oportunidade de nos fazer sorrir.

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Das margens do Tejo

Das margens do Tejo
parte uma imensa saudade
daquilo que desejo.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Apresentação do livro "Diálogos de José Saramago".


Queridos leitores e amigos, amanhã às 18h realiza-se na fundação José Saramago, a apresentação do livro: " Diálogos de José Saramago", do autor Carlos Reis. 

Tenho a certeza que esta apresentação vai ser um sucesso e faço questão de lá passar, neste espaço inspirador, para que consiga descobrir um pouco mais sobre esta personagem que muitos de nós conhecemos e reconhecemos como sendo uma referência da Literatura Portuguesa.

terça-feira, 14 de abril de 2015

Em boa Companhia


Este foi o meu almoço hoje, num lugar sossegado e em boa companhia. É importante estarmos com aqueles de quem gostamos e partilhar as nossas vivências. Não há nada melhor nesta vida do que apreciar o momento presente. Ultimamente, tenho pensado mais neste tipo de momentos do que em repetições de coisas que nada me acrescentam.

Existem duas coisas de grande interesse para mim, agora. A escrita, que nunca sairá dos meus planos, e a LR que me permite viver. Sem a LR, a escrita não sobreviveria. Por quê? Porque a LR é o meu trabalho neste momento. 

Estou bastante satisfeita com esta Empresa porque é a única que até agora me garante um sustento inteligente, através do meu próprio consumo. Sei que tenho uma grande carreira pela frente e sei que passo a passo, vou conseguir chegar à independência financeira e à possibilidade de me concentrar de forma mais séria na escrita que tanto amo. Até lá, ainda há muito trabalho a fazer. 

Já consegui chegar em dois meses e meio ao patamar de Júnior Manager. O que significa que já atingi o ordenado mínimo nacional e já estou à espera do meu Smart. E pretendo crescer ainda mais. Tenho uma equipa de quase 80 pessoas a trabalhar comigo. Se trabalharmos em conjunto, vamos conseguir melhorar, todos nós, as nossas vidas. 

Todos os dias procuro novos Parceiros LR, que se queiram juntar a mim nesta jornada. Não têm nada a perder. Só têm a ganhar. As vantagens de ser representante de uma marca de prestígio em Portugal, são inúmeras. E a LR tem provado que é uma empresa de confiança. Basta saber que os embaixadores da marca são a Cristina Ferreira e o Mickael Carreira, para ter a certeza que a empresa funciona em condições e tem sucesso!

E é isto, meus queridos leitores e amigos. Hoje é dia de trabalho, mas a qualidade de vida é imprescindível. Temos de nos sentir bem para que possamos ajudar os outros que estão à nossa volta. Só assim a vida tem sentido. Não acham? Eu tenho a certeza que sim!

Arquivo do blogue