Sigam o meu blogue! Tenho sempre novidades!

Traduza para o seu idioma

sábado, 9 de abril de 2011

Piada da semana



Esta imagem mostra bem como as coisas funcionam no nosso país. Segundo os governantes políticos, TODOS têm de fazem sacrifícios. Despedimentos, trabalho precário, Redução de salários, Redução das reformas, suspensão dos subsídios de férias e de natal, aumento dos impostos…Todos fazem sacrifícios? Não. Nem todos. A nossa “querida” classe política continua a encher os bolsos enquanto NÓS, os trabalhadores precários, os desempregados, os jovens, os reformados, os pobres, os mendigos… continuamos a lutar e fazer SACRIFíCIOS.
Tem, ou não tem piada? Sem comentários…

Ambiguidade


Por vezes sinto-me presa a um mundo que não é meu. Já alguma vez sentiram os sonhos a voar pela janela a 100km/hora? Pois, foi isso que constatei hoje. Eu entendo que os meus sonhos podem não ser os mesmos da pessoa que está ao meu lado. Mas não é fácil compreender o facto de que, por vezes, não fazemos parte dos sonhos de alguém que queremos bem. No entanto tenho de aceitar esse facto e lutar de alguma maneira, mesmo que lute na direcção contrária a tudo aquilo que o meu coração sente. Na vida tudo se representa. Posso ser uma senhora respeitada da alta sociedade, posso ser uma velhinha queixosa, posso ser culta, posso ser ignorante, posso ser útil, posso não servir para nada, posso mudar o mundo, posso deixar-me mudar pelo mundo, Posso ser alguém ou não ser ninguém. Tudo depende de mim. Quero dizer, na realidade isso é o que deveria ser. Mas não. Nem tudo depende de mim. Quase tudo depende de factores extrínsecos, por vezes longe da minha imaginação. Já repararam que constantemente temos de agradar a alguém para sermos aceites nesta sociedade? Ou agradar à família, ou agradar ao namorado, ou ao marido, ou aos filhos, ou aos amigos…Em todos os momentos da vida temos de tentar agradar a alguém para termos importância. Que absurdo! No entanto, a vida é um jogo. E todo o jogo tem regras difíceis de cumprir. Eu na realidade não sou mulher de estereótipos. Posso dizer que sou o tipo de pessoa que foge à regra para conseguir ser feliz de alguma maneira. Gosto de ser quem sou. E detesto quando não posso mostrar quem sou. Adoro escrever, ler, sonhar. Olhar para a lua cheia com vontade de a trazer para junto de mim. Sei que me chamam lunática, mas eu sou mesmo assim. No fundo só quero ser feliz.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Agenda Cultural.



Aproveite este mês para ler um bom livro. Nada melhor do que escolher um título sugestivo que nos deixe a pensar. Uma boa ideia é deixar um ou vários livros na sua mesa-de-cabeceira, para que leia um pouco antes de dormir. Este hábito reduz significativamente as insónias de muito boa gente. Mesmo que não resulte, nunca é demais informar-se, aprender e sonhar. Além disso pode tirar dos livros óptimas ideias para a sua vida pessoal.

Esta semana sugiro que faça uma visita à festa do livro na Fnac, de 24 de Março a 27 de Abril.
Promoções:
Leve 3 pague 2 – Autores de culto – exclusivo Fnac
40% Desconto nas categorias: “livros da Semana” e “Literatura”.

De que está à espera? Não perca esta oportunidade! E boas leituras!

Livros



Hoje quero falar de livros.
Livros grandes, livros pequenos.
Livros que eu gosto mais,
Ou que gosto menos.

Muitos são os temas
Que nos levam a voar.
E nenhum ruído
Nos leva a acordar.

Gosto de poesia,
Gosto de prosa,
Gosto da magia
Que ali se aloja.

Para mim
Ler é viajar.
É procurar,
E encontrar.


Jovita Capitão.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Receita de Salada de fruta (para 2 pessoas)




Ingredientes:
3 Laranjas
3 Kiwis
½ Abacaxi
8 Morangos
2 Bananas
2 Maçãs
2 Peras
1 Cacho de Uvas (retire os caroços)
3 Iogurtes naturais
Açúcar q.b.
Nota: Pode utilizar qualquer fruta que seja da sua preferência. Seja criativa.

Preparação:
Lave toda a fruta. Descasque e corte em quartos 2 laranjas e o resto da fruta. A outra laranja serve para fazer o sumo. Disponha e misture a fruta previamente cortada numa taça para o efeito. Junte o sumo de laranja, os iogurtes e o açúcar de acordo com a sua preferência.
Guarde no frigorífico durante 1 hora, e está pronto a servir.
Bom apetite!

A importância de comer fruta.



Na roda dos alimentos, a fruta está em segundo lugar. Ou seja, está no segundo maior grupo logo a seguir aos vegetais. É muito comum, as pessoas esquecerem-se de comer fruta. Muitas preferem um café, um doce, ou um cigarro (ou mais do que um) depois do almoço ou do jantar. Mas fruta é saúde. E há muitos motivos para comer fruta. Porque não substitui o café por um copo de sumo de laranja?

Por que a fruta é tão importante?
  •  A fruta é constituída por cerca de 90% de água.
  • A fruta não tem mau colesterol.
  • A fruta estimula a memória.
  • A fruta ajuda a manter um peso equilibrado.
  • A fruta ajuda a prevenir doenças.
  • A fruta age sobre o nosso humor.
  • A fruta é versátil, pode ser consumida de diferentes formas.
  • A fruta existe em grande variedade, dando-nos a capacidade de escolher.

E você? Já comeu fruta hoje? Por que não começar com uma maçã?

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Momentos zen: Relaxamento e meditação

Quarta-feira, 6 de Abril de 2011




No momento zen desta semana quero falar sobre a importância do relaxamento e da meditação.Com o stress do dia-a-dia a maioria das pessoas não consegue relaxar, pois habituam-se ao ritmo acelerado cheio de coisas para fazer, mesmo que estas não sejam importantes. Há até quem diga que mesmo a dormir essas pessoas sentem um certo nível de stress o que provoca os pesadelos, e como não podia deixar de ser, as insónias.
Dicas para relaxar:

Respirar fundo:

      Em primeiro lugar respire fundo. Conte até 10, pense que está num outro sítio e depois sinta-se a relaxar.


      Dormir bem:

      É muito importante que durma bem. Prepare o ambiente. Ponha uma música suave, deixe uma meia-luz, leia um bom livro, tenha sempre uma almofada confortável e um bom colchão para que de manhã se sinta bem em vez de se sentir irritada e com dores de costas. Se tiver insónias levante-se e faça alguma coisa útil. Volte depois para a cama quando tiver mesmo vontade de dormir.

     Tenha uma alimentação saudável:

      Nada melhor que uma boa alimentação. Faça uma alimentação à base de vegetais e de fruta. Coma de tudo um pouco. Mas com moderação no que toca a alimentos gordos, fritos, bebidas alcoólicas. Devo lembrar que o tabaco também não ajuda, mas como é óbvio isso é uma questão pessoal.

     Fazer coisas de que gosta:

     Isto é muito importante. Ao fazer aquilo que realmente gosta, reduz significativamente os níveis de stress. Passeie, leia um bom livro, vá ao cinema, cozinhe, namore muito e vai ver que se vai sentir melhor.

      Ria mais vezes:

      Rir é o melhor remédio para o stress, além que reduz aquelas rugas incómodas que detesta. Por isso aproveite para rir ou apenas sorrir, se possível, em todos os momentos.

     Divida bem o seu tempo:

     Faça gestão do tempo. O Tempo não espera por si. O tempo voa mesmo. E quando voa é comum sentir uma sensação de que algo nos fugiu das mãos. Mas não desespere. Não perca mais tempo, arranje uma agenda e comece agora.


      Faça actividades físicas de que goste:

     Faça exercício físico. Andar a pé, subir escadas, ir às compras ou praticar outra actividade que a faça mexer-se contribui para o bem-estar físico e emocional e ajuda a prevenir doenças, como a obesidade e problemas cardiovasculares. Saia da toca Exponha-se à luz natural e pratique alguma atividade ao ar livre, de preferência pela manhã. O exercício também ajuda a dormir melhor, mas não deve ser praticado muito perto da hora de ir para a cama.


      Parar um pouco:

      Pare um pouco. Nem que sejam apenas 2 minutos por dia. Pare, e observe o mundo ao seu redor. São esses momentos que deixam que os nossos pensamentos se organizem. Eu sei que custa, mas o que são afinal 2 minutos? Na realidade não é assim tanto tempo. Pois, se reparar bem, é possível que perca bem mais tempo a discutir ou a fazer coisas de que não gosta.Por isso calma. Pare um pouco. Respire fundo e tudo vai correr melhor.

      Mime-se:

      Aproveite alguns momentos para si. Arranje-se! Sim, esqueça o pijama e o roupão. Até em casa deve estar impecável, pois a qualquer momento a campainha pode tocar e nunca se sabe quem está do outro lado. Vá àquele restaurante novo e requintado que tanto gosta. Tome um banho relaxante e pratique yoga e meditação. Reserve alguns minutos de silêncio para que possa recuperar energias. E aproveite para se presentear com alguma coisa que a faça feliz.

      Viva para o amor:

      Isto é o que nos devia motivar sempre em todas as nossas acções. Faça coisas pelos outros. Sorria para alguém que tenha cara de segunda-feira. Verá que, essa pessoa lhe retribuirá o sorriso, mesmo que seja amarelo. Veja o que pode fazer para contribuir para um mundo melhor. Seja positiva. E namore muito. Sim! Ame muito, a sua família, os seus amigos, o seu namorado/Namorada, ou marido/esposa. Não se esqueça que o amor engrandece a alma.

      Então, do que é que está à espera? Relaxe e seja Feliz!

Greves da CP e do metropolitano de Lisboa




Mais uma greve. E mais outra, e mais outra, e mais outra… Por que será que fazem tantas greves se todos sabem que não resultam? A única coisa que acontece é que quem usa os transportes públicos, como eu, sofre as consequências. Compramos o passe todos os meses para que? Para andarmos a pé, de bicicleta, de táxi, ou de carro (apenas para quem o tem), excepto para os transportes públicos, como devia ser. E os automobilistas? Esses têm imensas filas de espera pela frente. Já para não falar no stress e nas insónias que isso causa.


Curiosidades sobre as greves:
Sabia que a primeira greve aconteceu em 1871, em Oeiras. Foi a greve dos tecelões da fábrica de lanifícios de Oeiras, que durou um mês. No artigo " Uma campanha alegre", Eça de Queirós relata a primeira greve do País.
Sabia que a primeira lei da greve em Portugal saiu no ano de 1910, com termos totalmente diferentes dos actuais?
Se nos dias de hoje a greve é um direito dos trabalhadores, os nossos antepassados muito tiveram de lutar para conseguir essa regalia. Foi no dia 6 de Dezembro que o governo provisório da primeira república trouxe a público a primeira lei que protegia os que não apoiavam as greves, conhecidos como "amarelos" ou "fura-greves", o que provocou um movimento de protesto por parte dos sindicatos.

Querem um conselho? Façam greves, mas não prejudiquem os outros!

Dicas para ter um guarda-roupa organizado.




  1. 1.      Retire tudo do armário.
Quando digo tudo, é mesmo tudo. Nada de deixar aquela blusa que está tão arrumadinha naquele lindo cabide. Retire mesmo tudo!


  1. 2.      Limpe todas as superfícies.
Com um pano húmido, com água ou um produto de limpeza do pó passe pelas prateleiras, gavetas, varão da roupa, portas do armário, …enfim, em todo o lado. Depois, areje o armário e deixe-o secar. Por último, caso não seja alérgica, distribua aqueles saquinhos coloridos de lavanda ou de outro cheiro bom para perfumar o roupeiro. São óptimos e personalizam o ambiente.


  1. 3.      Organize a roupa.

Em cima da cama, disponha a roupa em dois grupos diferentes. Um com Roupa de Outono/Inverno e o outro com roupa Primavera/Verão.

  • ·        Repare no monte de roupa de Outono/Inverno. Retire tudo o que nunca mais vai vestir. Aquelas calças que gosta imenso mas que nunca mais vai vestir porque engordou e há anos e por isso não as veste. Ou simplesmente aquela Blusa de padrão horrível, totalmente fora de moda que tem há séculos no armário só porque uma ex-amiga lhe deu. Desfaça-se dessas peças para que as possa mais tarde substituir por umas novas.

  • ·         Pegue nas roupas que sobraram. Ou seja, toda a roupa que veste mesmo e que lhe fica bem. Lave todas as peças, enxuga-as e guarde-as numa mala de arrumação, à excepção dos casacos quentinhos e blazers que deve guardar em sacos de plástico próprios para o efeito. Quanto aos sapatos faça a mesma coisa. Deite fora aqueles sapatos de aspecto terrível da segunda guerra. Ou leve ao sapateiro, aquilo que acha que tem conserto. Caso não tenha, deite mesmo fora. Quanto aos restantes, os que estão ainda em bom estado e que usa mesmo, guarde-os em caixas próprias depois de devidamente limpos.

  • ·         Agora repare no outro monte de roupa. É a roupa da nova estação, por isso é a única de deve ficar dentro do armário. Pegue então na roupa Primavera/Verão e faça exactamente o mesmo que fez ao resto da roupa. Ou seja, Retire tudo o que nunca mais vai vestir e deite fora ou dê a alguém que precise. Depois, pegue nas roupas que veste realmente e lave-as, enxuga-as e quando estiverem totalmente limpas e bem cheirosas, arrume-as no seu guarda-roupa.


  1. 4.      Disponha as peças no armário

  • ·         Para começar tem de colocar os vários cabides dentro do roupeiro. Utilize cabides da mesma cor para que seja mais fácil encontrar o que deseja. Os de madeira são melhores porque são os mais sofisticados e resistentes.

  • ·        Depois, com muita calma e paciência divida a roupa novamente. Calças para um lado, Blusas para outro, vestidos para outro, e assim sucessivamente. Utilize a parte mais alta do roupeiro para pendurar os vestidos. Disponha-os por cores e por tamanho. Assim vai ser mais fácil identificar o que deseja vestir. Faça o mesmo com as outras peças. As peças de roupa mais pequenas podem ser colocadas em gavetas, caixas ou em outros sítios apropriados. O mais importante é a criatividade.

  • ·         Reserve a parte baixa do armário para colocar os sapatos. Coloque todos em caixas e arrume um sobre o outro. Será fácil localizá-los e estarão protegidos. Outra boa opção é colocar etiquetas na caixas, onde poderá escrever qual  o tipo de sapato e sua cor. Desta forma será mais fácil localizar o que quer usar.


  1. 5.      Por fim, sorria
Agora que já tem o guarda-roupa organizado, sorria. Pois, só vai necessitar de voltar a organizar muito provavelmente na nova estação do ano, por isso sorria, relaxe e aprecie todo o seu esforço.

E que tal? Que acha do seu novo guarda-roupa? Parece-lhe bem?

Preparar o guarda-roupa para a nova estação.


Quando muda a estação do ano é comum ter o armário da roupa atulhado de infinitas peças que desfeiam o espaço e que nos irritam profundamente quando tentamos encontrar aquela peça que queríamos muito vestir mas que por causa de tamanha desorganização não aparece. Que tal organizar o seu armário hoje? Afinal de contas mudou a estação do ano, por isso é tempo de finalmente pôr de lado os casacos pesados, as calças de fazenda, As botas de cano alto, … para dar lugar a roupas leves, práticas e se possível, novas.
Se não tiver oportunidade, nem tempo de o fazer, por que não aproveitar aquela noite de insónias em que se vira de um lado para outro sem conseguir dormir? Faça como eu. Levante-se e faça alguma coisa útil. Organize o seu armário enquanto todos dormem para que de manhã tenha energia para outras coisas.

Insegurança

Domingo, 03 de Abril de 2011, 01.00

Já alguma vez tiveram aquela sensação de que a cabeça diz uma coisa mas o coração diz outra coisa completamente contrária ao que queremos pensar? Pois bem, é assim que me sinto neste momento. Sei que o que faço com a cabeça é o que está certo mas o coração parece uma pedra dura que me destrói e me esmaga aos poucos. Há dias assim, eu sei. Por isso só me resta ter calma e esperar pelo dia de amanhã para esquecer o dia de hoje e voltar a sonhar sem medo.

terça-feira, 5 de abril de 2011

Chegou a Primavera!


Segunda-Feira, 4 de Abril de 2011




Chegou a primavera.
E com ela, as flores.
Brancas, amarelas, azuis.
E De todas as cores.

E as andorinhas
A esvoaçar pelos campos,
E também nos telhados.
Cheias de encantos.

Chegou a primavera!
Tempo de um pouco mais de calor
De risos, alegria, determinação
E Também de ternura e amor.

Jovita Capitão.

domingo, 3 de abril de 2011

Por fim, tive coragem...

Sejam todos bem-vindos ao meu blogue. Confesso que há muitos anos que tenho vontade de iniciar um blogue, no entanto, devido a inúmeros percalços na minha vida, tenho adiado essa minha vontade. Finalmente criei coragem e começei. Espero estar à altura das vossas expectativas.

Atenciosamente,
Jovita Capitão, a Raínha das insónias.

Arquivo do blogue