Sigam o meu blogue! Tenho sempre novidades!

Traduza para o seu idioma

sexta-feira, 24 de março de 2017

Criação Literaria - As bolsas estão de volta

Queridos leitores e amigos da Rainha, fiquei muito feliz com uma notícia que li que tem tudo a ver comigo.

Luís Filipe Castro Mendes, actual Ministro da Cultura Português, fez hoje um comunicado importante para quem tem um gosto especial por esta temática.

Anunciou que vai haver investimento nas Bolsas de Criação Literária, o que significa uma oportunidade única para todos aqueles que querem enveredar por esta área, mas que até aqui não tinham possibilidades monetárias.

As Bolsas que foram criadas em 1996 e interrompidas em 2002, estão agora de volta para Autores sem trabalhos editados. Serão valorizados os trabalhos de Banda Desenhada, Literatura Infanto-Juvenil e obras de Ilustração.

Claro que eu vou participar. Vou estar atenta a todas as novidades que venham neste sentido! :)

Para mais informações podem consultar o seguinte link:

https://www.noticiasaominuto.com/cultura/763586/ministro-da-cultura-anuncia-reativacao-das-bolsas-de-criacao-literaria

terça-feira, 21 de março de 2017

Kick OFF LR e Show Case do Ricardo Carriço


Queridos leitores e amigos da Rainha, hoje fui buscar os bilhetes para o lançamento do novo Album do meu amigo, Actor e Cantor Ricardo Carriço.

Para quem ainda não sabe, o Ricardo Carriço é um dos Embaixadores da marca LR, que eu represento há mais de 2 anos. No dia 8 de Abril de 2017 vai haver um Evento dedicado à Empresa, onde algumas pessoas vão ser reconhecidas pelo seu trabalho,  com direito a assistir ao Show Case do Ricardo.

Os bilhetes são comprados através de qualquer Parceiro LR, caso já sejas parceiro podes sempre pedir directamente à empresa com uma simples encomenda dos teus produtos favoritos.

Eu vou lá estar, e tu?

segunda-feira, 20 de março de 2017

O amor é uma carta fechada

O amor é uma carta fechada.
Quando amamos ficamos vidrados.
Queremos beijar de olhos fechados,
senão não nos sabe a nada.

Mas de olhos fechados
não vemos o futuro.
Achamos que vai durar para sempre
e que ninguém se interpõem entre a gente.

Quão esmagados ficamos
quando descobrimos que nos enganamos.
Através do brilho que o olhar emite
queremos saber a verdade,
mas ele não nos permite.

Nada dura para sempre.
Embora pensemos assim
lutamos arduamente
para no altar dizer sim.

Mas antes de casar
já pode existir uma nuvem.
Uma daquelas que turva a visão
e que nos faz um dia dizer não
à pessoa que já nos fez feliz.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

A vida é uma escola

A vida é uma escola
que nos ensina diariamente.
Para aprendermos
vamos cair certamente.

Depois de cairmos,
temos de aprender a levantar.
Muito pior fica aquele
que no chão quer ficar.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

domingo, 19 de março de 2017

Vontades antigas no pensamento.

Queridos leitores e amigos da Rainha, aquilo que mais me irrita na vida é as pessoas mais próximas acharem que desperdicei os últimos anos a escrever. Eu não desperdicei nada, aquilo que fiz foi dedicar-me a um sonho que julgo ser possível de alcançar. Antigamente, quem era reconhecido pela escrita eram aqueles que conseguiam publicar livros. Agora já não é assim. Existem variadíssimas formas de mostrar o nosso trabalho, visto que a tendência é maioritariamente digital. E ainda bem que assim é porque abriu-me portas para possibilidades nunca antes possíveis.

Por causa deste tema e da desvalorização do meu trabalho, penso que está na hora de fazer uma avaliação a ver se estou no caminho certo. Vamos a isto?

Sobre a Escrita:

Participação na Antologia Poética: Tertúlia da Gandaia II (Janeiro 2017)
Participação na Antologia Poética: Tertúlia da Gandaia (Fevereiro 2016)
Participação em prosa poética na primeira edição da Revista Literamundo publicada
em Novembro de 2014 no Brasil, disponível também online.
Participação em duas Colectâneas de Poesia em 2013 (“Namorar é preciso” e “Aqui há
poetas – Poesia sem gavetas”)
Escritora Freelancer desde 2012
Autora do livro: "A casa das Rosas" - Saga Infanto-Juvenil (Ainda por publicar)
Autora do Blogue: “Rainha das insónias” desde 2011 -
www.rainhadasinsonias.blogspot.pt
Poetisa desde 1994

Participações Sócio-Culturais:

Embaixadora Cultural Internacional no Movimento União Cultural desde Outubro de 2016
(Quarto cargo no Movimento, no qual faço parte desde Janeiro de 2014) num Intercâmbio
cultural entre Portugal e Brasil.
Participação activa em Eventos culturais e sociais: Apresentação de livros, Tertúlias,
Exposições de Arte, apresentação de negócios, etc.

Participação activa nos seguintes grupos de arte, cultura e literatura:
Movimento União Cultural desde Janeiro de 2014; Associação Gandaia desde 2013;
Solar de Poetas desde 2011;

Como podem ver, não fiz nada de jeito nestes últimos anos, nem contribui de forma realmente importante para a Cultura do meu País e além mar. Santa paciência!... Quem não valoriza isto, então valoriza o quê???!!!

Enfim, há sempre alguém que tende em nos colocar para baixo para tapar os defeitos que tem, de forma a sentir-se superior em relação a nós. Infelizmente temos de passar por isso, principalmente quando se trata de pessoas muito próximas de nós.

No entanto, e como é de esperar, eu não fiz apenas isto profissionalmente. Antes de 2011 trabalhei em várias áreas diferentes de modo a conseguir o meu sustento, tais como: Restauração, Saúde e Vendas.

E mais recentemente, em 2014, tornei-me parceira de uma empresa na área da venda-directa e do Marketing de rede, onde a minha principal função tem sido o recrutamento de novas pessoas de forma a ajuda-las a ter um rendimento extra com a empresa, trabalhando de forma independente.

Sinceramente, só não vê quem não quer. Claro que tenho algumas lacunas no meu currículo que quero colmatar este ano. Por exemplo, este ano decidi inscrever-me numa escola de condução. Sem dúvida uma mais valia tanto a nível profissional, como a nível pessoal. E muitas outras coisas quero fazer, mas cada coisa a seu tempo.

Gostava realmente que todos aqueles que me acompanham façam uma avaliação séria do meu currículo de forma a me ajudarem a perceber se realmente tenho valor e mérito pessoal naquilo que faço. Talvez, se abram outras portas para outras oportunidades que ainda penso que possam vir a existir para mim.

Concluindo, hoje tive vontades antigas no meu pensamento. Vontade de levar a minha escrita a um estado mais profissional e quem sabe voltar a pensar em editar aquilo que ficou para trás.

Arquivo do blogue