Traduza para o seu idioma

quarta-feira, 1 de maio de 2019

terça-feira, 30 de abril de 2019

Sobre o futuro



Hoje foi dia de reflectir sobre o futuro, já que é para lá que caminhamos. Depois de tantas incertezas, finalmente cheguei a uma conclusão convincente. Não adianta olhar para trás e pensar que ainda lá estou. Isso não é verdade. O passado, quer tenha sido bom ou menos bom, já está lá atrás. Agora é o momento de colocar os pés ao caminho e olhar de frente para o futuro. Mas, para que o futuro seja uma realidade é importante pensar naquilo que quero hoje. 

E se ontem eu queria estar em todo o lado, hoje quero apenas estar no meu cantinho. E se ontem eu queria ser visível a toda a hora, hoje prefiro o silêncio à ribalta, a única coisa que ainda quero é preservar a minha imagem literária. Tudo o que resta, já não faz sentido.E é nesta frequência que vibro diariamente daqui para a frente. Sou grata àquilo que fui, mas sigo caminho para aquilo que quero ser agora e no futuro.

segunda-feira, 29 de abril de 2019

Estado de alma

Não há certezas definitivas
para o meu estado de alma.
Oscilo entre a idealização e a realidade.

Com calma, aceito o que me acontece
muito embora insegura
pelas teias que a minha mente tece.

Não há certezas definitivas
para o meu estado de alma.
Mas deixo-me levar pela esperança activa.

Essa esperança que dá voz aos meus sonhos
mesmo que o meu mundo desmorone por dentro.
E luto contra o dúbio sentimento que se me apresenta.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

domingo, 28 de abril de 2019

Já foi...

Não foi por falta de jeito.
Sei que não.
Não foi por má vontade.
Isso também não.
Não foi pelo momento em si.
Sei que não.
Não foi porque me perdi.
Mas também não sei pelo que foi.
E se foi, já foi.
Passou, já passou.
E agora, quem sou?

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Um tinto bem bonito!

Hoje tenho a companhia de uma garrafa.
Um tinto bem bonito à minha beira.
Vou aprecia-lo como deve ser:
devagar, devagarinho,
até ser segunda-feira.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias