Traduza para o seu idioma

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Respirar com Arte

Vou respirando com arte
pois da arte eu consigo viver
e procuro fugir para Marte
para ninguém me poder ver.

Lá longe é o refúgio
que eu quero manter
para que um dia eu possa
voltar à terra sem sofrer.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

O Portal do Sol - Um pouco de História.



Queridos leitores hoje lembrei-me de partilhar isto com vocês.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Carnaval

O carnaval já começa
com mascarados à mistura
e alguns com tanta pressa
correm para o meio da rua.

Saltam contentes e insanos
fazem festa quais Romanos.
Estranhamente eu me recolho
pois, não quero ovo num olho.

Ovos, água e muita tinta,
lá vão eles com muita pinta.
Achando que a vida acaba,
lá vão eles buscar bisnaga.

Depois de tanta folia
andam ao compasso
da música que os cativou.
Depois têm de voltar por um braço
daquele que não festejou.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Lançamento da Colectânea: " Namorar é Preciso" - Convite!

Queridos leitores estão todos convidados a assistir ao lançamento da colectânea de poesia: " Namorar é Preciso".


O lançamento vai ser amanhã, dia 9 de Fevereiro, às 15.00h. na Praça Miguel I, nº 5, em Santo António dos Cavaleiros e terá lugar na VII Feira de Artesanato que vai estar em funcionamento das 11.00h  às 18.00h.

A apresentação vai contar com a presença dos autores, sendo que um deles sou eu. :)


Trabalhe em casa através da internet.

Queridos leitores. Como todos sabem, além da escrita procuro outras formas de sobrevivência. Além das colectâneas de Poesia em que participo como Co-Autora, dos livros Infanto-Juvenis que preparo e do meu livro de Poesia que está pendente desde Setembro, tenho outros projectos dos quais pretendo tirar algum lucro para as minhas despesas básicas mais imediatas. Por essa razão, não paro até encontrar algo em que eu me encaixe.

Já escrevi em outro post o que pretendo a nível profissional, inclusive até postei o meu currículo para que empresas interessadas me contactem. No entanto, sei que tudo o que aparecer de forma tradicional não vai durar muito. Pois o constante fecho de empresas que pareciam fiáveis veio desencadear um síndroma que afeta todos os sectores empresariais e as pessoas que neles trabalham. Muitas pessoas têm-se visto sem emprego de um momento para o outro.

Para evitar esse síndroma, tenho feito de tudo. Porém, não tem sido nada fácil. Mas eu não desisto. E encontrei uma forma de trabalhar em casa, no conforto do meu lar, investindo apenas 5 minutos do meu tempo para fazer a divulgação diária de uma empresa de telecomunicações na internet.

Sei que parece difícil de acreditar. Eu própria também não acreditei logo pois, sou por natureza uma pessoa muito séptica em relação a certos negócios. Mas ao longo de vários meses acompanhei uma pessoa que trabalha nesta empresa. Fui a quase todas as reuniões disponíveis e tirei todas as dúvidas possíveis. Resultado? Compreendi que a empresa é séria e já existe há vários anos no mercado tendo a sua Sede nos Estados Unidos. Estou a falar da Empresa Telexfree.

A Telexfree é uma empresa de telecomunicações que comercializa pacotes de software de tecnologia Voip para comunicar para mais de 40 países em todo o mundo (inclui Angola e Brasil). É um produto interessante para quem quer falar com a família e os amigos, quer seja a partir do telemóvel, quer seja a partir do telefone fixo ou através do próprio computador com acesso à internet, com a possibilidade de falar todos os dias de forma ilimitada a um baixo custo mensal, por apenas 49,90 USD (dólares) ou seja 37,26€ por mês sem fidelização mensal.

Onde é que eu apareço neste meio? Posso ser cliente (comprar o pacote e falar com quem quero), ou posso ser uma divulgadora comprando uma franquia que me dá acesso a uma central back-office para poder trabalhar. Ao ser divulgadora torno-me uma parceira da empresa postando anúncios que publicitam a Empresa Telexfree em sites preparados para o efeito. Independentemente do tipo de franquia que posso escolher, recebo sempre um valor semanal pelo trabalho realizado.

 Veja o vídeo.



Quer saber mais sobre a empresa?

Todos os sábados existe uma sessão de esclarecimento em Lisboa sobre a Empresa e o trabalho que ela envolve.
Se estiver interessado em saber mais contacte-me através do e-mail jovitacapitao85@gmail.com ou inscreva-se em http://www.telexfree.com/ad/vitanetwork .

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Fernando Pessoa - "O livro do Desassossego" - Série grandes Livros (vídeo)


Queridos leitores, hoje partilho mais um vídeo interessante, desta vez sobre Fernando Pessoa.

Ensaiando a vida

Acordo com vontade de lutar
contra o desânimo que se me apresenta
e penso que tudo vai finalmente mudar
e que a vida vai deixar de ser cinzenta.

Vou ensaiando nesta vida
da forma que mais me convém
tento encontrar uma saída
para acabar tudo em bem.

Acabar não é o melhor termo
melhor é pensar em começar
pois o recomeço de uma vida
é o que de melhor me posso dar.

O começo de uma nova era
que não permite ensaios
mas que permite que eu viva
plenamente e sem desmaios.

Sim! Sem desmaios.
Nesta vida que me adormece
nem sempre as coisas correm
como a gente bem merece.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

"A construção da Felicidade" - Maria Amélia Ramos e Luciana Couto.

Queridos leitores, como vocês já sabem, gosto de passear a vista pelos livros. E desta vez quero falar de um, que encontrei numa feira do livro perto da estação da CP no Oriente.
Quando entrei na feira, entrei atraída pelos livros mas sem um rumo concreto como faço muitas vezes. Peguei em vários livros, mas houve um que me chamou a atenção.

"A construção da Felicidade - O Voo da Borboleta Lilás" de Maria Amélia Ramos e Luciana Couto é um livro de desenvolvimento pessoal.  Encontrei neste livro uma simplicidade que me cativou. Existem muitos livros de auto-ajuda. Uns complexos, outros menos. Mas como este não tinha visto nenhum.
É simples de ler e de perceber. Eu acabei por ler o livro na feira e por ter lido até ao fim é que achei pertinente comprá-lo.

Ao longo do livro as autoras fazem-nos imaginar uma viagem de uma triste lagarta que se depara com muitos obstáculos na sua vida. Porém, ao ultrapassar os obstáculos (após meses fechada no seu casulo) transforma-se numa  linda Borboleta que sai voando por aí iluminando o mundo com as suas cores. Esta analogia aplica-se aos seres humanos. Muitos de nós somos assim. Ou talvez tenhamos apenas alguns episódios assim. A verdade é que este livro tem exercícios práticos que nos ajudam a todos a alcançar a verdadeira felicidade.

Convido-o a fazer a viagem da Borboleta Lilás e a sentir os benefícios da construção da sua felicidade. Procure este livro nas feiras ou na internet. Deixo-vos o site que pertence às autoras: http://borboletalilas.planetaclix.pt e o e-mail das mesmas borboleta.lilas@hotmail.com .

Mudar o paradigma

Mais uma feroz insónia
que não me deixa descansar
quanto mais eu procuro
menos consigo encontrar.

Mas no baú da esperança
talvez encontre a mudança,
que espero alcançar.
Voltar à alegria de criança
e meu paradigma melhorar.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

"Amor de perdição" de Camilo Castelo Branco (Vídeo)


Queridos leitores, apeteceu-me partilhar com vocês este vídeo. Espero que gostem.

Vou conseguir, decerto

Posso estar em dúvida
e sentir ansiedade
mas eu vou transpôr
toda esta mediocridade.

Vou lutar por aquilo que sonho,
vou fazer o que acho certo
e vou sair deste deserto.

Vou conseguir, decerto.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Não é assim que quero ir

Percorro o meu caminho
numa nuvem de fumo
e apenas encontro
outra vida, outro rumo.

Aquilo que mais quero
tem o seu tempo certo.
Mas anseio cada dia
por um passo indiscreto.

Procuro oportunidades
por onde eu passo
e encaro as dificuldades
como uma pedra, um laço.

Vou caminhando assim
sem saber para onde vou
limitando-me a existir.

Mas, não é assim que quero ir.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Procuro uma oportunidade!

Queridos leitores, costuma-se dizer que nem só de pão vive o homem, mas sem pão como vai sobreviver?

Com esta máxima citada, apelo a empresas e particulares que me ofereçam uma oportunidade de trabalho. A vida está difícil e procuro uma oportunidade para trabalhar na minha área, como freelancer por exemplo. Desde que esse mesmo trabalho me dê o suficiente para sobreviver.

A verdade é que tenho tido trabalho aos montes, mas dinheirinho que é bom, nem vê-lo. São tudo coisas a longo prazo. Mas o que estou a precisar neste momento é de algo imediato que me ajude a pagar as minhas despesas básicas.

Estou cansada de andar atrás das empresas e dos empregos. Ou tenho habilitações a mais, ou tenho a menos. É difícil encaixar-me num lugar que não me identifico, apenas porque preciso de trabalhar como toda a gente. Assim, vou fazer ao contrário. Estou ao dispôr de Empresas que estejam interessadas em mim.



Currículo Vitae

Contacto: jovitacapitao85@gmail.com


Escrita:
Gestora de conteúdo como freelancer desde 08/2012 até ao presente.
Blogue pessoal sobre Cultura, Literatura e Poesia 02/2011 até ao presente. (http://www.rainhadasinsonias.blogspot.pt/ )
18 anos de experiência em Escrita Criativa e Poesia (1994 -2013)

Vendas:
Distribuidora Independente Cristian Lay (05/2012 - 08/2012)
Gestora Comercial PT Comunicações (08/2011 - 05/2012)
Telemarketing Optimus Clix (07/2010 - 09/2010)
Funcionária Springfield( 04/2008 – 08/2008)

Saúde:
Assistente Dentária na Clínica José Cautela ( 12/2008 – 06/2009)
Domicílios de Massoterapia e Fisioterapia(2006-2013)

Restauração:
Hotel Açores Lisboa (08/2008 - 11/2008)
Pizza Hut (11/2006 – 11/2007)

Educação/Formação Profissional:
Habilitações literárias: Ensino Secundário
Frequentei, e concluí com sucesso, o curso de Massoterapia e Técnicos Auxiliares de Fisioterapia, no ano lectivo de 2005/2006,no Instituto de Medicina Tradicional, com estágio no Centro de Fisioterapia dos Pedernais.
Outros conhecimentos:
  • Informática:
Conhecimentos de informática na óptica do utilizador: Word, Excel, PowerPoint, e Internet. E conhecimentos de informática na óptica profissional: CRM, CIMS e Conhecimentos de sistemas de atendimento/script.

  • Línguas:
Conhecimentos de Inglês e Francês.   

Os primeiros passos na escrita

Queridos leitores hoje quero deixar uma importante mensagem a quem está a iniciar a sua carreira na escrita.
Quais são os primeiros passos para uma vida bem sucedida nesta área?

  • Começar cedo.Atenção que quando digo começar cedo, significa que já se tem aquela vontade de escrever desde criança. Isso não significa que é tarde para começar se já atingiu um estágio de vida elevado. No entanto, se sempre gostou de escrever é mais provável que essa seja de facto a sua vocação. 
  • Ler muito. Lembre-se que quanto mais ler, mais ideias terá para escrever. Já para não falar na diminuição dos erros ortográficos que incomodam quem lê.
  • Aprender com outros. Hoje em dia tudo passa pelo entrosamento que temos com outras pessoas. Ao prestarmos atenção àqueles que escrevem melhor que nós, vamos conseguir a melhorar a nossa capacidade de criação escrita.
  • Desenvolver o seu estilo. Todos temos um estilo pessoal, próprio. Podemos ser versáteis no nosso trabalho escrito mas se não tivermos um estilo próprio não conseguimos ser reconhecidos neste competitivo mercado.
  • Aperfeiçoar todos os dias. Todos os dias temos de estar atentos a todas as formas de melhorar a nossa escrita. Quer através de livros, jornais, revistas, quer com pessoas reais que nos ensinam como o fazer. Além disso é importante escrever todos os dias mesmo que não haja inspiração. Como se costuma dizer: "O hábito faz o frade". Neste caso específico, a escrita constante faz o escritor.
Espero ter ajudado nestas pequenas dicas!

Cumprimentos,
Jovita Capitão.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

A minha vida é escrever

Perdi-me para me encontrar.
Para encontrar o caminho,
aquele que tanto desejo
e se não encontro desatino.

Lembrei-me de escrever
para me sentir realizada.
Se assim não o fizer
não tenho mais nada.

Todos nós procuramos
a nossa importância
e só nós sabemos
o que tem relevância.

Andei perdida,
mas encontrei-me.
Encontrei a vida
que vale a pena viver.

A minha vida
prende-se pela escrita.
A minha vida é escrever!

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Eu escrevo por si


Querido leitor, você tem um blogue ou um site? Gostaria de aumentar a sua produtividade mas não tem tempo de o fazer todos os dias? Não sabe o que escrever? Eu posso ser a solução.

Estou habituada a escrever para vários sites onde os proprietários dos mesmos não têm tempo, ideias ou mesmo paciência para manter o ritmo de escrita. Assim sendo, ofereço-me para ser essa ajuda que tanto precisa.

Caso esteja interessado na minha escrita, entre em contacto comigo. Faço questão de conhecer o seu site e farei um orçamento mediante o tipo de escrita e o tempo que vou dispensar para fazer esse trabalho.

Conheça o meu Portfólio: http://portfoliodeescrita.blogspot.pt/

Contacte-me: jovitacapitao85@gmail.com

Cumprimentos,
Jovita Capitão.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Como passam as insónias?

Queridos leitores. Hoje lembrei-me de escrever sobre uma questão pertinente: Como passam as insónias?

Esta questão vem a propósito de uma pesquisa feita por um leitor que procurava no Google obter uma resposta a esta pergunta. Acontece que nas suas pesquisas encontrou o meu blogue. Então pensei: O que posso eu fazer para ajudar estas pessoas que sofrem de insónias e que procuram respostas sobre isso?
A única maneira de ajudar é dar a conhecer a minha experiência pessoal. E como tal, aqui vai.

A minha experiência pessoal:

Eu criei este blogue, há cerca de quase dois anos, numa altura da minha vida em que passava por uma situação de desemprego. Andava com uma grande dose de stress por não conseguir arranjar nada e não sabia o que fazer. Não conseguia dormir ou acordava a meio da noite a pensar nos problemas que tinha de resolver. Como sempre gostei de escrever, decidi que era a altura certa de fazer algo diferente que me ajudasse a superar os desafios que tinha pela frente. De facto resultou. Tornei-me uma pessoa mais positiva dado que comecei a ter resultados a nível profissional que de outra forma não seriam possíveis para a minha escrita.

As insónias passaram? Na verdade não, mas o facto de ocupar o tempo de insónia a escrever, fez-me esquecer os problemas e o stress que sentia. Não é que eles tenham deixado de existir, mas ajudou-me a concentrar a minha mente no que é realmente importante e isso fez-me encontrar as soluções que eu precisava, mais rapidamente.

Como passam as insónias? 

Quando são crónicas, só passam com medicamentos. Mas se não fizer nada para se abstrair delas, de nada adianta encher-se de fármacos, porque na verdade elas podem voltar. No entanto, nada melhor que conversar com o seu médico para despistar quaisquer doenças associadas à dificuldade em dormir.

Se as insónias são temporárias e apenas incomodam de vez em quando, não há motivo para alarme. Examine as possíveis causas. Bebeu café antes de dormir? No dia seguinte tem uma apresentação importante e está ansioso(a)? Discutiu com alguém e está nervoso(a)? Está desempregado(a)? O bebé que acabou de nascer faz muito barulho? Os vizinhos do andar de cima quase mandam a casa abaixo? Bem, existem muitas razões para uma pessoa não conseguir dormir. Se a questão não é a saúde, então não se preocupe demasiado e faça alguma coisa útil até sentir sono de novo.

Espero ter ajudado.

Cumprimentos,
Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Decidi escrever

Decidi escrever,
só para não adoecer,
ou de tristeza morrer
e por fim desaparecer.

Escrever decidi,
para te ter aqui,
para falar para ti
e para dizer que vivi.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Poesia de Vida - Entrevista a Jovita Capitão

Queridos leitores, recentemente fui entrevistada pelo blogue Poesia de Vida. Quero partilhar com todos vocês esse agradável momento. Espero que gostem.

Clique no link abaixo para ver a entrevista.



Arquivo do blogue