Traduza para o seu idioma

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Não é assim que quero ir

Percorro o meu caminho
numa nuvem de fumo
e apenas encontro
outra vida, outro rumo.

Aquilo que mais quero
tem o seu tempo certo.
Mas anseio cada dia
por um passo indiscreto.

Procuro oportunidades
por onde eu passo
e encaro as dificuldades
como uma pedra, um laço.

Vou caminhando assim
sem saber para onde vou
limitando-me a existir.

Mas, não é assim que quero ir.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários:

Arquivo do blogue