Traduza para o seu idioma

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Uma insónia

Sabes aquela sensação de fome, que não é realmente fome, mas que te obriga a caminhar todas as noites para o frigorífico? Pois bem. Esta noite estou assim. Não consigo dormir e o estômago ronca, não de fome, mas de ansiedade.
Parece-me que quando fecho os olhos para tentar dormir, vêm mil ideias na minha cabeça. Não consigo sossegar. Estou realmente inquieta com a realidade.
Está tudo bem! Digo para mim própria à espera que o meu cérebro acredite nisso mesmo e me deixe descansar. Mas acho que ele percebeu a minha ideia e não me levou realmente a sério. Continuo acordada como se fosse perfeitamente normal estar de olhos bem abertos a esta hora.
Lá fora, o silêncio reina. Cá dentro, a agitação mantém-se. Já fiz de tudo para conseguir dormir, mas sem êxito. Acabei por escolher a escrita como refúgio a ver se é desta que consigo sossegar.
E vocês? Costumam ter noites assim? O que fazem nestas ocasiões?



segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Lua

Esta lua que eu vejo
abraça o meu olhar.
Devolve-me sonhos
há muito esquecidos.

Esta lua que eu vejo
dá-me tranquilidade.
Faz-me acreditar
no amor e na amizade.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Arquivo do blogue