Traduza para o seu idioma

sábado, 22 de março de 2014

Amor, de água e vinho.

Estamos distantes como a água e o vinho.
As nossas diferenças são abismais.
Mas cada pedaço de carinho
faz-me amar-te ainda mais.

Sempre que indico aquilo que não gosto
lá vem a tempestade numa chuva torrencial.
Mas depois o nosso oposto desvanece,
quando abres o teu largo sorriso
que me aconchega quando preciso.

Dizem que o amor é vaidade.
Quem não ama de verdade, assim o diz.
Mas o amor também é bondade
respeito e lealdade, brincar e ser feliz.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

O meu Almoço de Sábado - Na Casinha do Chá

Olá a todos. Hoje é dia de relaxar e descontrair. Por isso fui almoçar à casinha do chá. Qual foi o cardápio? Um delicioso Crepe de Frango acompanhado por um Arroz simples e solto. Para beber, optei por um doce Néctar de Maracujá. Para sobremesa escolhi uma Tarte de Chocolate com recheio de Maracujá. Uma Tarte de sonho!!! Para finalizar, pedi um café para recarregar as energias perdidas durante a semana. Recomendo a todos uma visita a este espaço. Já sou fã! 

Aproveito para dizer que o Aniversário da Rainha será realizada neste espaço no dia 5 de Abril de 2014. Espero por si! :)







sexta-feira, 21 de março de 2014

Dia mundial da Poesia - Tertúlia

Queridos leitores e amigos da Rainha, deixo-vos algumas fotografias tiradas agora mesmo na Tertúlia realizada na Gandaia. Espero que gostem!






Nova Tertúlia Poética

Queridos leitores, hoje temos mais uma Tertúlia na Gandaia. Colocarei as fotos aqui assim que me for possível. Está um dia triste, sem sol. Mas não é por isso que temos de ser menos felizes. Temos é de saber apreciar aquilo que temos e dar valor às pequenas coisas da vida que nos fazem sentir uma sensação de calma e felicidade.
Desejo a todos um excelente fim-de-semana!

quinta-feira, 20 de março de 2014

Preciso da noite para respirar!

Preciso da noite para respirar.
Retirar todo o peso da mente.
Libertar-me de tudo o que faz mal
para adquirir um ar contente.

Preciso da noite para respirar.
Preciso estar só e distante.
Preciso de escrever o que sinto
e de ler o que tenho na estante.

Preciso da noite para respirar
não me julguem por causa disso.
Não pensem que perdi o juízo.
Só preciso de me encontrar.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Objectivo atingido! - Mais de 60.000 visitas


Queridos leitores e amigos da Rainha, agradeço a todos as visitas diárias que fazem ao meu blogue. Em três anos atingi um número histórico de visitas: Mais de 60.000 visitas ao blogue. Obrigada a todos. 

quarta-feira, 19 de março de 2014

Três anos depois, o que mudou?

Há três anos atrás, estava numa espécie de limbo laboral. Não sabia muito bem o que fazer na vida, precisava de trabalhar e estava desempregada. O que fiz? Dei voltas e voltas à cabeça em torno de uma solução plausível para resolver a minha situação. Encontrei-a? Bem, posso dizer que ainda não encontrei o lugar certo, mas estou mais perto de lá chegar do que estava há três anos atrás. 

A Rainha das Insónias nasceu numa noite de insónia. Na noite de dia 1 para dia 2 do mês de Abril de 2011, eu estava numa ansiedade tal que não conseguia dormir. Dava voltas e voltas à cabeça, e mais voltas e voltas na cama. Não aguentei. Levantei-me e decidi fazer algo por mim. Não sabia ainda muito bem o que havia de fazer, só sabia que alguma coisa tinha de mudar. Aquela situação era insustentável. Assim, após uns momentos longos de reflexão, já de madrugada, lembrei-me de criar um blogue. Sempre gostei de escrever. A minha vida não existe sem a escrita. Então, a melhor forma de inovar seria criar um blogue e escrever todos os dias o que me viesse à mente. 

Ao princípio, pensei que era mais fácil do que eu julgava. No entanto, fui percebendo ao longo destes anos que para manter um blogue é preciso manter a motivação. E por quê? Porque existem momentos em que o tráfego de visualizações é menor e nessas alturas, podemos ficar desanimados. Quem tem um blogue sabe que é assim. Mas, o segredo do sucesso, seja em que área for, é nunca desistir. Assim, foi criada a Rainha das insónias sendo adoptada como parte da minha vida. Comecei por escrever sem rumo definido. Depois, tentei encaixar-me em vários nichos de mercado. Mais tarde, enveredei pela área da poesia, da escrita, da literatura, da cultura e da arte. No fundo, passados três anos, dou conta de que a Rainha das Insónias, sou eu. Sou eu enquanto escritora, enquanto poetisa. Sou eu enquanto mulher. Sou eu, nas mais variadas formas. Neste momento, posso dizer que a Rainha é uma parte de mim que não estava visível a ninguém. O que a minha alma sente, a Rainha escreve.

Queridos leitores e amigos da Rainha, gosto desta forma de estar na vida. gosto da escrita nas suas variadas formas. Gosto de saber que a minha escrita pode ajudar alguém que precisa de respostas. Gosto de saber que a minha escrita é útil a alguém. Gosto de saber que a minha poesia é lida por tanta gente ao redor do mundo. Gosto de saber que valeu a pena ter criado esta parte de mim. Mas principalmente, gosto de saber que alguém algures por aí está a ler estas minhas palavras. É para mim um enorme prazer, saber que está desse lado.

Após três anos, o que mudou? A rainha cresceu e a Jovita Capitão também cresceu com ela. E juntas somos uma só. Somos poesia, escrita, cultura, literatura e arte. Estes anos serviram para amadurecer e acreditar ainda mais que os sonhos são possíveis de realizar se acreditarmos neles e tomarmos uma acção nesse sentido. Para o leitor que está a pensar criar um blogue, ou que já tenha criado um, desejo o maior sucesso do mundo. Um blogue é uma parte de nós que se encaixa na perfeição. Vale bem a pena tentar.

Quero agora agradecer a todos, o carinho demonstrado pela Rainha das Insónias e por mim. E convidar quem quiser a participar de um dia memorável. O terceiro aniversário da Rainha será realizado no dia 5 de Abril de 2014, na Casinha do Chá, na Costa de Caparica. Abaixo deixo o link do evento onde podem aderir caso estejam interessados. Apenas agradeço que confirmem a vossa presença até ao dia 30 de Março, pois o espaço é limitado.


Bem haja a todos.
Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

terça-feira, 18 de março de 2014

Novelo de lã

A minha mente, parece um novelo de lã.
Repleta de adereços de diferentes tamanhos.
As sombras me levam para uma vida vã
e eu defendo-me o melhor que sei.

Quero remar para longe daqui
sentindo a paz de um mar calmo.
Porém aquilo que eu sinto
é que: sem armas, desarmo.

As armas que procuro
servem para destruir o novelo
que minha mente sente.

Queria voar para longe
sentir a brisa do mar
Navegar o meu barco
para um cais bem melhor.

Quero desatar estes laços
que me prendem os braços,
que não me deixam respirar!

Quero desatar-me da lã.
Desta vida tão vã.
Sim, preciso de me retirar!

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Arquivo do blogue