sábado, 31 de janeiro de 2015

Dois mundos

Flutuo em dois mundos tão distantes
que confusamente são belos amantes
de desejos de vida engrandecidos,
de desejos de amor enternecidos.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Um acto de amor

Este vento que me assusta
é o mesmo que me agrada
quando o calor aperta e
quando me sinto esgotada.

Sua brisa me protege,
qual acto herege,
contra o sol abrasador.
Acho que é um acto de amor!

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Amor de chuva

Lá fora o vento uiva
como um lobo enfurecido.
Ameaça transformar o espaço
num sorteio de umbigo.

A chuva é sua aliada
nesta dança suprema.
Parece conto de fada.
Talvez melhor do que Cinema.

É real.
Numa dança sensual
a chuva faz o seu papel.

E num gesto teatral
pendura o seu avental
num beiral qualquer.

Quem ousa desafia-la?
Não tento, nem por nada!
Prefiro como espectadora
assistir à demandada.

Pois ainda hoje
por descuido
ela me deixou encharcada.

E o vento
levou-me o chapéu,
pensando que era um véu.
Decidido, entregou à sua amada.

A chuva aceitou.
O vento a beijou.
E percorreram a estrada
como se não se passasse nada.

Mas quem os chama à razão?
Nem vale a pena dizer nada.
Amanhã já nem se lembram
daquilo que fizeram de madrugada!

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Mergulho poético

Mergulho na poesia
e deixo-me purificar
das impurezas de um mundo
que teima em me paralisar.

Sou um espírito livre.
Amo quem me abraça.
Distancio-me apenas
de tudo o que é desgraça.

Quero mais do que respirar.
Escrever é o meu dever.
Por isso não posso parar,
senão deixo de viver.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

As artes

O universo das artes é deveras infinito.
É possível transformar desastres
em algo um pouco mais bonito.

Nunca subestime a arte de alguém.
Pois pode não saber sequer de onde vem.

A arte é prima do mundo abstracto.
Tanto podemos ver um sol
como desperceber o anonimato.

Das artes ninguém se cansa.
Pois todos podemos vê-las
nas asas de uma criança.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.