sábado, 31 de janeiro de 2015

Um acto de amor

Este vento que me assusta
é o mesmo que me agrada
quando o calor aperta e
quando me sinto esgotada.

Sua brisa me protege,
qual acto herege,
contra o sol abrasador.
Acho que é um acto de amor!

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários: