Traduza para o seu idioma

sábado, 1 de novembro de 2014

Mensagem de fim-de-semana

Queridos leitores e amigos da Rainha, hoje só vim aqui para desejar a todos um óptimo fim-de-semana.

Estou no início de novos projectos! Por isso fiquem atentos às novidades. ;) Sucesso para todos!!!

Em modo Zombie...

Não gosto de escrever qualquer coisa quando me sinto cansada. A simples ideia de obrigatoriedade na escrita deixa-me sem ideias. É por isso que ultimamente tenho concentrado a minha atenção na forma como escrevo. Nem sempre estamos motivados para escrever. E quantas vezes a motivação existe, mas a ideia certa não aparece! Hoje parece ser o caso. Nos últimos dois dias, o cansaço têm-se apoderado de mim e não me sinto com forças para nada. Apesar de acordar motivada, quando chego a casa, ao fim de um dia de trabalho, apareço em modo zombie. Hoje foi assim. Vim a dormir no metropolitano, vim a dormir no autocarro e quando coloquei os pés em casa a única coisa que eu vi à frente foi a minha cama fofinha à minha espera. E assim foi. Durante cerca de duas horas, apaguei completamente! Acordei à pouco com uma enorme dor de cabeça e uma enorme preguiça mas tinha de me levantar pois, ainda tinha coisas para fazer. Lembrei-me entretanto que hoje é noite de Halloween, será por isso que pareço um zombie? Talvez!

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

O Alecrim - O Famoso Teatro de Favaios

Queridos leitores e amigos da Rainha. Tive o primeiro contacto com o Teatro de Favaios, na Enoteca da Avessada. Decorria o ano de 2009, quando parti de Lisboa em direcção a Alijó. Nas redondezas, fica uma terra chamada Favaios, perita em vinhos e derivados. Numa concentração dos mais diversos sabores e na mistura de aromas que jamais esqueço, descobri uma Peça deste grupo de Teatro que se chamava: " Sopas de Cavalo cansado". Excelente peça, excelentes actores, excelentes momentos que passei na Quinta da Avessada num pequeno fim-de-semana, junto da minha cara-metade. 

O tempo passou, como sempre passa e voltei a vê-los (aos actores) na Costa de Caparica, por altura da apresentação do livro: " Um conto e cinquenta versos" de José de Ribatua.

A vida dá voltas e há voltas que não têm volta. Fiquei muito feliz pela estranha coincidência! Afinal de contas, a cultura persegue-me e eu a ela, sem me dar conta disso. É curioso, não é?! Achei tão interessante esta situação que achei por bem falar sobre o excelente trabalho destes actores, que trabalham juntos desde 2006.

Cristina Moreira e José Correia, fazem as honras do teatro de Favaios de uma forma fenomenal. Recomendo!!!

Seguem as próximas actuações nas seguintes datas:
Dia 8 de Novembro - Alijó - Auditório ao ar livre.
Dia 22 de Novembro - Ourense - Espanha - Jornadas Turístico Culturais Galiza/Portugal.
Dia 6 de Dezembro -  Sabrosa - Solar dos Barros.



Bloqueio - Acróstico

Bandeiras às avessas.
Lojas bem fechadas.
O que se passa aqui?
Que fazem as danadas?
Umas coisas que cá sei.
Envergonhadas? Talvez.
Ignoram a humanidade.
O que suspiram, é só maldade.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias. 

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Liebster award - Mais um desafio.

Queridos leitores e amigos da Rainha, desta vez o desafio veio da Rafaela, autora do blogue "Para além das páginas da vida". Mais uma vez fui convidada a responder a uma série de questões. Espero que desta forma me possam conhecer um pouco melhor.


Descreve-te em cinco palavras ( pergunta repetida, vou tentar não falhar muito na resposta):
Eu acho que sou corajosa, sonhadora, um pouco curiosa, inteligente e feliz.


Porque resolveste criar um blogue?

Para divulgar a minha escrita.


Onde te imaginas daqui a 20 anos?

Imagino-me no meu escritório, rodeada de livros, totalmente realizada e com a pessoa que eu amo ao meu lado.


Qual a tua profissão de sonho?

Ser escritora, sem dúvida! Há até uma história curiosa a respeito disso. Quando eu era pequena e me perguntavam o que eu queria ser quando fosse grande, eu nunca sabia o que havia de responder. Cresci e continuei na mesma. Durante muito tempo achava que não me encaixava em lado nenhum. Agora sei que o meu lugar é junto das letras. No fundo, sempre foi, mesmo sem me aperceber.


A tua família/ amigos sabem que tens um blogue? Se sim, o que acham sobre isso?

Sim, a minha família sabe e alguns membros acham engraçado, mas não se pode dizer que dêem muita importância a isso. Os meus amigos sabem que tenho e até incentivam. Nem todos entendem porque me dedico tanto, sendo que os rendimentos gerados, são tão irrisórios! Mas eu gosto do que faço. E se vivesse uma outra vida, voltava a fazer o mesmo. A Rainha já faz parte da minha vida!


Qual a tua marca favorita de maquilhagem?

A minha resposta é suspeita, porque também vendo esses produtos. Gosto dos produtos de maquilhagem da Avon, porque são produtos de qualidade e acessíveis no preço. Mas recentemente ando à descoberta de outras marcas. Descobri os produtos da Oriflame e da LR que não lhes ficam atrás. Vou testa-los um a um, para ver se me apaixono.


O que gostas de fazer nos teus tempos livres?

Depende do meu estado de espírito. Mas posso referir por exemplo as coisas mais usuais: Ler, escrever, ouvir música, viajar na Internet, namorar, ir às tertúlias de poesia, participar em eventos culturais, ou simplesmente dormir, quando não tenho mesmo nada para fazer ( ultimamente, dormir não tem sido algo muito constante, porque tenho um ritmo de vida que não dá para fazer isso).


Qual o item de maquilhagem que não dispensas?

Acho que uma boa base de maquilhagem é tudo, para me sentir bem. Gosto de manter um look natural durante todo o dia e dispenso as imperfeições da pele. A minha auto-estima agradece este mimo e a minha saúde também.


Qual o teu maior vício?

Actualmente, o meu maior vício é o café. Antes, era o chocolate. Agora, o café é o eleito. Acho até que não se trata de um vício, mas de uma necessidade para me manter concentrada no trabalho.


O que achas da blogger/ blogue que te nomeou?

Não posso falar com muitos detalhes sobre aquilo que não conheço bem, mas posso afirmar que à primeira vista pareceu-me interessante. Li no blogue da Rafaela um post sobre um jogo de tampões. que foi inventado por duas adolescentes americanas. Não. Não se trata de publicidade para o público feminino. Trata-se apenas de uma reflexão sobre o por quê de " as armas e a violência serem aceites na nossa sociedade, mas os tampões não". É verdade. As pessoas fazem guerra em plena luz do  dia, mas escondem-se para fazer amor. Porque será? Sem lá! É esta a sociedade que temos.


Qual o teu maior sonho?

Tenho vários. Mas o meu maior sonho é conseguir publicar os meus livros. Também gostava de conseguir a estabilidade financeira que necessito para chegar mais longe. Ambição não me falta!


Obrigada Rafaela, pelo desafio. Gostaste das respostas?

Não sei se hei-de nomear ou não, outros blogues. Não é a primeira vez que respondo a este tipo de questões e nem sempre os blogues solicitados correspondem ao apelo. Por isso, desta vez não vou nomear. No entanto, para quem se interessar, está convidado a fazer o mesmo. Só peço que não se esqueçam de referir o blogue onde viram as perguntas.

domingo, 26 de outubro de 2014

A inteligência não se mede por idades.

Foi nas tertúlias que encontrei
o poeta José de Ribatua.
Como apreciei "O palhaço"
dito com alta postura.

Este, um poema triste
de grande significado.
Pois, um pai que perde a sua filha,
fica com o coração despedaçado!

Curiosamente, foi em criança
que escreveu tamanha ideia.
Como foi possível tal façanha?

A inteligência não se mede por idades.
Mas a vida, mede-se por intensas saudades.
Disso e de muito mais sabe o nosso poeta.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Apresentação do livro: "Um conto e cinquenta versos" de José de Ribatua


Queridos leitores e amigos da Rainha, ontem estive na apresentação do livro de um grande amigo e escritor. Fernando Marinho nasceu em S. Mamede de Ribatua, uma aldeia situada em Alijó. José de Ribatua foi o pseudónimo escolhido pelo autor para o seu primeiro livro. Demorou anos a tentar publicar, finalmente conseguiu.

Estou muito feliz por ter tido a honra de participar neste evento, lendo um dos seus poemas e um dos meus. Apesar de inicialmente me encontrar nervosa, correu muitíssimo bem.

Abaixo deixo-vos algumas imagens deste precioso evento que jamais vou esquecer!













Arquivo do blogue