Sigam o meu blogue! Tenho sempre novidades!

Traduza para o seu idioma

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Olhar da Rainha - Portefólio Fotográfico

Queridos leitores e amigos da Rainha. Hoje criei um portefólio, que é o início da exposição do meu trabalho, enquanto Fotógrafa em início de carreira. Não é um portefólio convencional por vários motivos. Quero deixar que o meu olhar amadureça com o tempo, sem pressas. Por isso, na minha opinião, um blogue pode ser a melhor forma de me estrear nesta área. Deixo-vos abaixo o endereço, uma das imagens captadas durante o curso e um poema relacionado com o tema geral do meu portefólio. Espero que gostem!

http://olhardarainha.blogspot.pt/

Olhar Poético - Parque Eduardo VII, Lisboa, 2014





Foto-poesia

O sonho que mora dentro de mim
transmito do meu olhar interno,
para o que chamo de exterior.
Imagens de Verão ou de Inverno.

Mas tudo feito com amor
com o calor da poesia
que acalenta o coração
de quem fotografou um dia.

Que nunca perca a razão,
nem a sensibilidade que me guia.
Quem fotografa tem noção
que tem de publicar um dia.

Peço que observem
com olhos de ver
o que o nosso mundo
tem para nos oferecer!

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sonhos de criança

Não consigo dormir
enquanto não encontrar
a solução que preciso
para poder descansar.

Mil ideias surgem
ao compasso do tempo.
Procuro respostas
a todo o momento.

Minha sina é a busca
por tempo indefinido
daquilo que quero.

Por isso me esmero
enquanto procuro.
Deixando de lado
o sentimento obscuro

Que me atravessa a alma
sem réstia de esperança.
Contorno essa dureza
suavizando a dança.
Procurando a certeza
nos meus sonhos de criança.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Curso de Fotografia - Epílogo

Queridos leitores e amigos da Rainha, sei que estão ansiosos para saber o resultado final do Curso de Fotografia. Podem dar as boas vindas a uma "Rainha" que vai fotografar com alma e coração pois, terminei o curso com sucesso! Quanto ao certificado, este é que vai demorar um pouco a aparecer. Segundo nos foi dito, cerca de um mês para ser emitido. Uma eternidade para quem quer começar a trabalhar nesta área. Mas, cada coisa a seu tempo. Se tem de ser assim, o remédio é esperar.

Obrigada a todos aqueles que me dão força para continuar a minha luta em busca dos meus sonhos. Obrigada também ao formador Mário que esteve sempre disponível para nos ensinar. Agradeço também ao Centro de Negócios Ideia Atlântico que disponibilizou o espaço. E já agora, obrigada ao companheirismo de todos os colegas de formação que também estão de parabéns, tal como eu. 

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Uma Fotógrafa com poesia no olhar!

Na expectativa do futuro
aguardo ansiosa o presente.
Como uma alma que pressente
uma mudança no mundo.

Encontro-me à distância
de uma nova história.
Mais tarde virá à memória
este saboroso momento.

Sinto uma emoção cá dentro
que não sei explicar.
Sinto-me feliz e tento
com o coração descodificar

aquilo que se vai passar.
Sem que a razão se desvaneça
penso com fé realizar,
com uma perspectiva imensa

uma leitura completa.
Uma porta aberta.
O futuro nas minhas mãos.
A responsabilidade que isso acarreta.

Mas eu vou conseguir!
Sei que me vou consagrar
uma fotógrafa discreta
com poesia no olhar.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Coisas de outros tempos!

Mágicos lugares me iluminam,
influenciam o meu olhar,
contam histórias, rezam vidas
e obrigam-me a sonhar.

Histórias de amor,
factos reais.
Outras de terror,
fantasmas e coisas tais.

Que me arrepiam a pele
da cabeça aos pés.
E me fazem reflectir
antes de escrever.

Coisas inóspitas, interessantes.
Coisas de amores e amantes
que viveram noutra época.
Reis, Rainhas, Infantes...

Coisas de outros tempos tão distantes.

Mas que estão vivas na memória
daqueles que ainda se lembram
pessoas que presenciaram a história
e que fazem questão de contar.

Para que não se desvaneça a ideia
Para que não morra o olhar.
Para que aquilo que é contado
permaneça constante no ar.

É a neblina que passa,
que atravessa o momento.
Não há história com graça,
sem a magia do tempo.

Este efeito magnético
que nos liga ao transcendente,
faz-nos recuar no tempo
e desembrulha o sentimento
escondido nas brumas,
na alegria ou no sofrimento.

É o mistério que acalenta
a minha vontade de sonhar,
aquele suspense em câmara lenta
é tão difícil de suportar.
Mas é o mesmo que me agrada
numa bela noite de luar.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

terça-feira, 24 de junho de 2014

Fotografia

Boa tarde meus amigos e leitores da Rainha. O curso está quase a terminar e já sinto aquele frio na barriga por causa da ansiedade de saber se fico aprovada. Sei que se utilizar a minha sensibilidade, chego lá. No entanto, o importante neste curso não é apenas a estética e a arte. Os termos técnicos é que me preocupam. Pois, não possuo a melhor câmara para este trabalho. A minha Samsung é bastante limitada em termos gerais. Há aspectos que posso modificar, mas não são suficientes para criar aquilo que quero. A menos que utilize os automatismos. Estes, permitem que a máquina vá buscar todos os aspectos mais significativos da minha máquina fazendo uma foto excelente. Já não é mau. Mas tenho consciência de que mais tarde ou mais cedo terei de investir numa câmara profissional se quiser trabalhar nesta área. Para já, vou com calma. Um passo de cada vez. 

Da poesia, sou prisioneira!

Caminho pelo meu interior
tal como a velha lagarta.
Para regressar com amor
à minha velha regata.

Na corrida da escrita,
sinto um imenso prazer.
Mas só com dedicação
posso fazer acontecer.

Estou aqui para isso.
Não posso desistir.
Da poesia, sou prisioneira.
Por isso, não consigo dormir.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

domingo, 22 de junho de 2014

Mensagem de fim-de-semana!

Queridos leitores e amigos da Rainha, passei aqui hoje para vos desejar um bom Domingo.

Precioso Tempo

Gira a roda da vida.
Mais uma volta ela dá.
E a nossa esperança de vida,
mais reduzida ficará.

O desperdício de tempo
acontece a toda a hora.
Se não tivermos cuidado
nossa vida não melhora.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Arquivo do blogue