Sigam o meu blogue! Tenho sempre novidades!

Traduza para o seu idioma

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Anjo da Guarda




Conheci um anjo
Diferente dos demais
Com um brilho diferente
De olhos fatais

Disfarçado de humano
Entrou na minha vida
e escondeu-se no tempo
num sítio sem partida

com uma inteligência fora do normal
ético, cativante e sem explicação
visão do futuro, do sobrenatural
cravou a garras no meu coração

Hipnotizada avancei…
Mas minha mente me chamou à razão
quis resistir e então recuei
e foi no silêncio que falei o meu não.

No entanto, de dia e de noite
Algo bate em meu coração
Que será isto que eu sinto?
Não entendo, pois então.

Mas eu sei que me protege
Que de males ele me guarda
Quer saber quem é?
É o anjo da Guarda.

Autoria de Jovita Capitão, a Rainha das Insónias 

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Tempestade Neurológica



Hoje estou assim. Numa tempestade neurológica da qual não sei mais nada. Por vezes tento descobrir quem sou, o que quero, para onde me leva o sonho do infinito mas não tenho resposta. Não tenho argumentos. E fico assim. No silêncio da vida. Calada. Simplesmente sem voz. A língua entalada na garganta não deixa sair som algum. Gostaria de dizer o que sinto. Mas não dá. Queria dizer o que o meu coração pensa, mas não posso. Só a minha alma é que está por dentro dos meus pensamentos mais ocultos. E agora, nas minhas veias vigora apenas o silêncio. Não sou capaz de falar. Talvez um dia te diga o que tanto gostaria de dizer. Talvez um dia a chuva te explique o porquê do meu silêncio. Mas agora não. Não perguntes nada. Fica também no silêncio. Só assim podes perceber o que me vai na alma. Só assim, no silêncio, podes salvar-me desta tempestade neurológica de que tanto falo. Esta, que me tira a sanidade mental e que faz de mim outra pessoa que não eu. Melhor pessoa? Talvez. Talvez um dia saiba o que responder, talvez um dia seja mais fácil falar, talvez…quando? Talvez um dia…

segunda-feira, 14 de maio de 2012

As Estatísticas da Rainha das Insónias -1 ano depois

Aqui está a prova de que lutar pelos sonhos dá resultados! :)



Brasil 4 755
Portugal 2 737
Estados Unidos 167
Alemanha 69
França 57
Rússia 19
Reino Unido 16
Suíça 14
Japão 13
Angola 10


domingo, 13 de maio de 2012

Saudade




Há quem diga que a saudade
É um sentimento abstracto
Sem cor e sem tacto,
Sem cheiro e sem rosto…

Pois eu acho precisamente o oposto.

Saudade é:
Lembrar as cores daquele dia
Sentir o cheiro a maresia
E ver o teu rosto como se fosse hoje.

Saudade é:
Chorar de alegria de uma memória
É sentir vontade de contar essa história
Como se voltasse a outro tempo.

Jovita Capitão, a Rainha das Insónias.

Arquivo do blogue