Sigam o meu blogue! Tenho sempre novidades!

Traduza para o seu idioma

sábado, 9 de março de 2013

Será fruto da imaginação?

Contei os segundos
a cada veio de luz,
o caminho iluminado
no escuro me conduz.

As gotas de chuva
entoavam melodias.
Primeiro finas e curtas,
depois bem grossinhas.

Relâmpago vai,
o vento enrijou.
Relâmpago vem,
depois trovejou.

Mas eu não me movi
nem um milímetro sequer
com medo de sair
e levar com um raio qualquer.

Imóvel, apreciei fascinada
a minha cidade molhada
por aquela chuva faiscante
dava vontade de imaginar
cavalos a cavalgar
e livros de encantar
que tenho na minha estante.

Acordei do devaneio
quando a chuva parou
como que por um encanto
tudo o que vi cessou.

Mas que estranha tempestade
que de repente aparece
e de um momento para o outro
vai embora, desaparece.

Será apenas fruto
da minha imaginação?
Por acaso até não!

Jovita Capitão, Rainha das insónias

Tempestade súbita

Estava eu na paragem do autocarro quando de repente começou a chover. Primeiro uns pingos leves que tilintavam no passeio numa melodia engraçada. Depois enrijou e os pingos leves tornaram-se pesados, cada vez mais espessos e cada vez maiores. Até que um relâmpago invadiu o céu num clarão misto de cores. Contei os segundos. Primeiro 20, depois 10 depois 5 e o chão estremecia a cada impacto sonoro. Cada vez chovia mais, e mais, e mais... E eu só queria sair daqui, mas não tinha como espapar ao fenómeno de luzes e sons. Então aproveitei o momento apesar do medo que sentia. Nunca vi um acontecimento destes tão perto. Estava mesmo ali diante dos meus olhos o espectáculo da natureza. Aquela exibição foi fantástica. Assim como surgiu de repente, também desapareceu de repente. Será que mais alguém assistiu, ou sou eu que ando a ver coisas estranhas? :)

sexta-feira, 8 de março de 2013

Feliz dia da mulher!

Mulher é frágil?
Não!
Mulher é delicada
qual bela flor
e bastante dedicada
quando preciso for.
Mulher é fraca?
Não!
Mulher é forte
capaz de remover montanhas
de transportar dores tamanhas
e ainda assim sorrir.

Ser mulher é isto!
Feliz dia da mulher!

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Quem sou eu?

Por um lado, a Escritora.
Por outro, a Comercial.
Por um lado encantadora.
Por outro profissional.

Aquela que sonha
que tem alegria,
que acredita em si
que vive em harmonia.

Mas também sou aquela pessoa
que preciso de sobreviver
e na ânsia do reconhecimento
teimo em assim fazer.

Trabalho de sol a sol
em duas distintas profissões,
para que no fim das contas
poder pagar as ditas
e por fim descansar
num mar de emoções.

Jovita Capitão, rainha das Insónias.

quinta-feira, 7 de março de 2013

Dois anos de existência - Está quase!!!

Boa noite queridos leitores e amigos da Rainha. A Rainha das Insónias está quase, mas mesmo quase a fazer dois aninhos de existência. Tenho pensado em imensas coisas para festejar este importante marco da minha vida. No entanto, conto com as vossas sugestões e comentários para melhorar o blogue tanto em termos de imagem, como de conteúdo. E também espero sugestões de festejo dos dois anos do blogue que será no dia 2 de Abril de 2013.

O que me dizem? O que devo fazer nesse dia? Espero pelas vossas sugestões. O que fariam no meu lugar? :)

Cumprimentos a todos os leitores.
Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Um olhar traz a mudança

Um olhar traz a mudança
que paira lá no fundo.
Faz de um simples medo
um brilho de esperança.

E na tentativa de tentar
lutar por aquilo que quero,
faz-me deveras acreditar
que o brilho é sincero.

E se sincero é, verdade será
melhor fazer o que é preciso, já!

É preciso agir para acreditar,
é preciso perseverar no olhar,
é preciso vencer e tentar,
é preciso encontrar e amar
o que temos de melhor,
o que tiver de ser
se verdade for.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

quarta-feira, 6 de março de 2013

Apenas sonhar não chega...

Tenho de comer
para forte ficar
e agradecer
este bom paladar.

Esta comida
abençoada seja.
Já que muita gente,
de tanta fome
a almeja.

De tanto pensar
até perco o apetite
estou eu a almoçar
e muitos nem têm
um pedaço de pão
para os alimentar.

Onde vamos parar
com este despique?
Será que a capacidade de sonhar
faz melhorar a vida de tantos e tantos
que nada têm?

Apenas sonhar não chega...
mas ajuda a acalentar a alma.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Por que será?

Por que será que 
quando quero escrever 
passa uma nuvem 
e começa a chover?

Por que será que 
quando quero sonhar
vem um fantasma 
para me matar?

Por que será que 
quando para a frente quero ir
vem alguém que me agarra
e não me deixa fugir?

Por que será que
está tudo ao contrário?

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

terça-feira, 5 de março de 2013

Um novo recomeço

Sem saber para onde vou
confesso que estremeço
sem fé tudo pára e aguardo
um novo recomeço.

Sem saber o que me acontece
viajo à deriva nem sei para onde.
E alguém corre atrás de mim
e vem no meu encalço.
E andamos nós neste esconde,esconde.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Águas, muitas águas

Águas, muitas águas
para beber ou navegar
para cair em forma de chuva
ou simplesmente para a alma lavar.

Águas, muitas águas
que correm para o mar
que fazem barcos navegar
que podem nos purificar
e em dias de chuva incomodar.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

George Orwell


domingo, 3 de março de 2013

Arquivo do blogue