Traduza para o seu idioma

sábado, 9 de março de 2013

Tempestade súbita

Estava eu na paragem do autocarro quando de repente começou a chover. Primeiro uns pingos leves que tilintavam no passeio numa melodia engraçada. Depois enrijou e os pingos leves tornaram-se pesados, cada vez mais espessos e cada vez maiores. Até que um relâmpago invadiu o céu num clarão misto de cores. Contei os segundos. Primeiro 20, depois 10 depois 5 e o chão estremecia a cada impacto sonoro. Cada vez chovia mais, e mais, e mais... E eu só queria sair daqui, mas não tinha como espapar ao fenómeno de luzes e sons. Então aproveitei o momento apesar do medo que sentia. Nunca vi um acontecimento destes tão perto. Estava mesmo ali diante dos meus olhos o espectáculo da natureza. Aquela exibição foi fantástica. Assim como surgiu de repente, também desapareceu de repente. Será que mais alguém assistiu, ou sou eu que ando a ver coisas estranhas? :)

Sem comentários:

Arquivo do blogue