Traduza para o seu idioma

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Momentos zen: Relaxamento e meditação

Quarta-feira, 6 de Abril de 2011




No momento zen desta semana quero falar sobre a importância do relaxamento e da meditação.Com o stress do dia-a-dia a maioria das pessoas não consegue relaxar, pois habituam-se ao ritmo acelerado cheio de coisas para fazer, mesmo que estas não sejam importantes. Há até quem diga que mesmo a dormir essas pessoas sentem um certo nível de stress o que provoca os pesadelos, e como não podia deixar de ser, as insónias.
Dicas para relaxar:

Respirar fundo:

      Em primeiro lugar respire fundo. Conte até 10, pense que está num outro sítio e depois sinta-se a relaxar.


      Dormir bem:

      É muito importante que durma bem. Prepare o ambiente. Ponha uma música suave, deixe uma meia-luz, leia um bom livro, tenha sempre uma almofada confortável e um bom colchão para que de manhã se sinta bem em vez de se sentir irritada e com dores de costas. Se tiver insónias levante-se e faça alguma coisa útil. Volte depois para a cama quando tiver mesmo vontade de dormir.

     Tenha uma alimentação saudável:

      Nada melhor que uma boa alimentação. Faça uma alimentação à base de vegetais e de fruta. Coma de tudo um pouco. Mas com moderação no que toca a alimentos gordos, fritos, bebidas alcoólicas. Devo lembrar que o tabaco também não ajuda, mas como é óbvio isso é uma questão pessoal.

     Fazer coisas de que gosta:

     Isto é muito importante. Ao fazer aquilo que realmente gosta, reduz significativamente os níveis de stress. Passeie, leia um bom livro, vá ao cinema, cozinhe, namore muito e vai ver que se vai sentir melhor.

      Ria mais vezes:

      Rir é o melhor remédio para o stress, além que reduz aquelas rugas incómodas que detesta. Por isso aproveite para rir ou apenas sorrir, se possível, em todos os momentos.

     Divida bem o seu tempo:

     Faça gestão do tempo. O Tempo não espera por si. O tempo voa mesmo. E quando voa é comum sentir uma sensação de que algo nos fugiu das mãos. Mas não desespere. Não perca mais tempo, arranje uma agenda e comece agora.


      Faça actividades físicas de que goste:

     Faça exercício físico. Andar a pé, subir escadas, ir às compras ou praticar outra actividade que a faça mexer-se contribui para o bem-estar físico e emocional e ajuda a prevenir doenças, como a obesidade e problemas cardiovasculares. Saia da toca Exponha-se à luz natural e pratique alguma atividade ao ar livre, de preferência pela manhã. O exercício também ajuda a dormir melhor, mas não deve ser praticado muito perto da hora de ir para a cama.


      Parar um pouco:

      Pare um pouco. Nem que sejam apenas 2 minutos por dia. Pare, e observe o mundo ao seu redor. São esses momentos que deixam que os nossos pensamentos se organizem. Eu sei que custa, mas o que são afinal 2 minutos? Na realidade não é assim tanto tempo. Pois, se reparar bem, é possível que perca bem mais tempo a discutir ou a fazer coisas de que não gosta.Por isso calma. Pare um pouco. Respire fundo e tudo vai correr melhor.

      Mime-se:

      Aproveite alguns momentos para si. Arranje-se! Sim, esqueça o pijama e o roupão. Até em casa deve estar impecável, pois a qualquer momento a campainha pode tocar e nunca se sabe quem está do outro lado. Vá àquele restaurante novo e requintado que tanto gosta. Tome um banho relaxante e pratique yoga e meditação. Reserve alguns minutos de silêncio para que possa recuperar energias. E aproveite para se presentear com alguma coisa que a faça feliz.

      Viva para o amor:

      Isto é o que nos devia motivar sempre em todas as nossas acções. Faça coisas pelos outros. Sorria para alguém que tenha cara de segunda-feira. Verá que, essa pessoa lhe retribuirá o sorriso, mesmo que seja amarelo. Veja o que pode fazer para contribuir para um mundo melhor. Seja positiva. E namore muito. Sim! Ame muito, a sua família, os seus amigos, o seu namorado/Namorada, ou marido/esposa. Não se esqueça que o amor engrandece a alma.

      Então, do que é que está à espera? Relaxe e seja Feliz!

Sem comentários:

Arquivo do blogue