sábado, 27 de julho de 2013

Incompreensão

Sinto-me alheada do mundo
pela inadaptação ao presente
porém, estou deveras consciente
que estou quase lá no fundo.

Quisera eu usufruir
de um sonho artístico.
Mas que faço eu no porvir
se neste lugar meio místico
de mim se estão a rir?

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

2 comentários:

Carpe diem to me disse...

A incompreensão reina no mundo, mas todos os dias têm uma história diferente.
Cabe-nos nunca esmorecer!

Beijinhos e obrigado pelas tuas palavras e pelo teu incentivo à escrita!

Jovita Capitão disse...

Obrigada eu, pelas tuas visitas e pelos teus comentários. És sempre bem-vindo!

Beijinho!!!