Traduza para o seu idioma

sábado, 27 de julho de 2013

Coração sem sossego

Meu estômago revolveu-se
numa fúria de meter medo.
Minha mente sofredora
já nem tem sossego.

Meu coração bateu tanto
que nem deu para perceber
se bateu por ter de ser
ou se foi de pranto.

Também, não tanto...

Mas, bem cá dentro
a revolução dos sentimentos
faz-me mais atenta aos batimentos.

Oh coração, pára de bater
dessa triste maneira!
Senão vão pensar que é brincadeira
aquilo que eu estou a escrever!

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários:

Arquivo do blogue