Traduza para o seu idioma

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Noite de consoada

Na noite de consoada
a solidão é permanente
É pena, a rabanada
não ser para toda a gente.

Na noite de consoada
o frio aperta no peito
de tal forma insatisfeito
em gente que não tem nada.

Na noite de consoada
não há amor como dizem
apenas existe frio
e uma solidão danada.

Na noite de consoada
muitos choram com fome
ninguém lhes dá nada
ninguém pega no telefone
para fazer uma chamada.

Na noite de consoada
esta é a triste realidade
daqueles que não têm nada
Oh, que grande maldade!

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

2 comentários:

Ricardo Miñana disse...

Interesante espacio el tuyo,
que disfrutes estas fiestas.
¡Feliz Navidad!
un saludo.

Jovita Capitão disse...

Gracias por la apreciación Ricardo Miñana .
¡Feliz Navidad

Jovita Capitão.

Arquivo do blogue