Traduza para o seu idioma

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Aos meus pais!

Assim não consigo sorrir.
Estou confusa de mais.
Pois aquilo que mais queria
era ver bem os meus pais.

A idade, as doenças,
roubam-lhes o futuro
E eu sinto-me presa,
atada atrás de um muro.

Quero agir, fazer mais!
Mas não está nas minhas mãos.
Para ser feliz e segui em frente
é necessário também ouvir nãos.

É triste ver a vida a passar como um fio.
Cá dentro, neste momento, sinto um vazio.
Queria correr, gritar, rasgar as minhas vestes.
E mostrar ao mundo todo o amor que me destes.

Não há ninguém no mundo
melhor do que os meus pais.
Fizeram o melhor que sabiam
E eu amo-os demais!

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários:

Arquivo do blogue