Traduza para o seu idioma

quinta-feira, 10 de julho de 2014

A questão das partilhas - parte 2

Queridos leitores e amigos da Rainha, ontem fiz uma pequena reflexão sobre aquilo que deve, de facto, ser partilhado e o que não deve, de forma alguma, ser partilhado nas redes sociais. Hoje, vou falar sobre o mesmo assunto, mas de uma perspectiva diferente.

Já sabemos que não devemos partilhar algo de outra pessoa que seja demasiado pessoal, como por exemplo: Números de telefone, fotografias, local de trabalho, vida familiar, etc. No entanto, se virmos algum artigo do nosso interesse, ou uma notícia num site, podemos, e muitas vezes devemos, partilhar para divulgar esse mesmo assunto. Uma das funções das redes sociais actualmente é precisamente a partilha de informações relevantes por determinado grupo de pessoas que têm os mesmos interesses.

Mas, de que forma devemos partilhar? Essa é uma questão bastante importante pois, a forma como o fazemos vai determinar a importância do assunto, ou a importância da pessoa que escreveu sobre esse assunto. Por exemplo: Quando vemos uma notícia num site e a partilhamos no Facebook, não é necessário falar na pessoa que escreveu, porque o próprio site já indica isso no final da notícia. E se virmos um texto interessante, ou mesmo uma frase que nos toca pessoalmente, ou simplesmente um poema com o qual nos identificamos, como devemos fazer? É muito simples. Existem na nossa língua sinais de pontuação que nos ajudam a dar crédito à pessoa que escreveu: Refiro-me às "aspas". Por exemplo, se as palavras não são minhas, mas eu quero partilha-las, começo a frase com as aspas, escrevo o que pretendo escrever e termino com as mesmas, ou seja, "texto". E no fim posso dizer quem foi o autor daquele texto, ou daquela frase, ou daquele poema. Isto é de extrema importância pois, não é nada agradável ver coisas escritas por mim e perceber que algumas pessoas não reconhecem o meu trabalho. Trata-se apenas de ter algum respeito pelos direitos de autor.

Em resumo: 
Posso partilhar? Depende, é pessoal? Não. Não é pessoal? Sim! 
É um artigo amplo ou uma notícia? Posso partilhar sem problemas. 
É uma frase, parágrafo ou poema? Partilho com aspas " " e indico o nome do autor. 

Queridos leitores espero que tenham ficado bem esclarecidos sobre este assunto. Se tiverem alguma questão, estou aqui para vos responder. :) 

Sem comentários:

Arquivo do blogue