terça-feira, 15 de abril de 2014

Baila uma aranha

Baila uma aranha pela teia improvisada
desce lentamente na sua simples estrada.
Pensa que é uma alpinista amestrada
porém, é uma aranha desastrada.

Tropeça na teia que tece
e sem dar por isso adormece
pendurada fica ao luar
esperando que um príncipe a venha salvar.

Baila a aranha enquanto espera.
Não lhe custa acreditar!
Será que o príncipe a vem buscar?

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

1 comentário:

Carpe diem to me disse...

Sim, espero que ela encontre o seu Príncipe!
Bonito texto!
Bjs