quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

O assaltante da minha cozinha.

Fui fazer um chá
para dormir melhor,
quando entrei na cozinha
olhei em meu redor.

E o que vi eu?
Vi que fora assaltada.
Porém, a porta estava fechada.

Sendo assim,
se ninguém saiu,
ninguém entrou.
Então quem me roubou?

Fui á procura do verdadeiro culpado.
E encontrei o pote do açúcar tombado.

Ah! Encontrei!

Uma pequena formiga
provocantemente se lambuzava,
olhava para mim e continuava,
remexia no açúcar e cantava,
uma melodia triste e vibrante.
Pois, tal como eu,
tinha fome a coitadinha.
Era ela o assaltante
da minha cozinha.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários: