Traduza para o seu idioma

sábado, 13 de agosto de 2016

Rascunho

Tentei escrever um poema
mas ficou como rascunho.
Achei que ninguém o leria.
Pensei que ninguém gostaria.

Mas as palavras catapultavam
em cada passo que eu dava.
Decidi deixa-las fluir
e o poema começou a florir.

Quanto mais avançava
mais confiante ficava.
Descobri que mesmo um rascunho
pode fazer alguém sorrir.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários:

Arquivo do blogue