Sigam o meu blogue! Tenho sempre novidades!

Traduza para o seu idioma

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Acaso ou Destino?

As pessoas não se cruzam connosco por acaso. Existem situações que me fazem acreditar que estamos todos interligados por uma força maior. Uma energia inesgotável que nos dá alento nos momentos mais difíceis e que está connosco partilhando as alegrias. Por vezes paro e penso: Se aquilo não tivesse acontecido, não encontraria determinada pessoa na minha vida! E é absolutamente verdade. Há pessoas que parece que conheço desde sempre, embora só as conheça há 1 ou 2 anos. Outras, que conheço desde sempre, parecem não me compreender, permanecendo assim distantes da minha vida. É tão estranho! Mas acontece. E o mais engraçado nisto tudo é que aquelas pessoas de quem não esperas nada, são essas que te ajudam quando precisas. As outras, que por qualquer afinidade deviam estar contigo, nem querem saber se consegues resolver ou não determinada situação. Nós somos feitos de energia e estamos ligados àqueles que têm os mesmos interesses que nós. Aquilo que nós acreditamos, nós atraímos. Mesmo que não acreditemos nisso, é essa a realidade e acontece todos os dias. Será acaso ou destino? Bem, eu não acredito na definição de destino como ela é apresentada. Para mim o destino não é linear. Podemos ter um destino, mas também podemos contornar esse destino com as nossas escolhas. Uma acção diferente, fará um destino diferente. Mas não acredito que as coisas que acontecem sejam por acaso. Tudo tem uma explicação lógica mesmo que não a entendamos no momento. É interessante reflectir sobre isso, porque são tantas as coisas que nos acontecem que tentamos entender, no entanto não têm um significado imediato. Só depois de alguns anos terem passado é que se faz luz e entendemos o porquê de determinada situação. Hoje fiquei a pensar sobre isto talvez por causa de uma conversa com uma amiga. Faz todo o sentido!

Sem comentários:

Arquivo do blogue