Sigam o meu blogue! Tenho sempre novidades!

Traduza para o seu idioma

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Mundo de aparência

Podemos fingir ser pássaro,
ser água, ser sol, ser vento.
Podemos fingir ser vida, ser morte,
ser alma, ser peixe, ser mote.

Podemos fingir ser lua,
estrela, papel, caneta, cometa.
Podemos fingir ser cão, gato...
coelho, serpente, até gameta.

Podemos fingir ser árvore,
ser mágoa, ser uva, ser curva.
Podemos fingir ser cama, lama,
ser lume, ser medo, ser chama.

Podemos fingir ser máquina,
ser monte, ser serra, ser sonho.
Podemos fingir ser livro, livrete,
ser folha, ser livre ou sabonete.

Podemos fingir o que quisermos
neste mundo de aparência.
Mas jamais podemos esconder
a nossa verdadeira essência!

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários:

Arquivo do blogue