Traduza para o seu idioma

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Como comentar sem invadir o espaço alheio?

Queridos leitores, existe uma pequena palavra com um grande sentido. Trata-se da palavra: ÉTICA. 

Ser uma pessoa ética significa ser uma pessoa preocupada com os outros, no sentido de saber comportar-se. Uma pessoa com um bom sentido de ética sabe qual é o seu lugar, sabe quando é necessária e sabe quando está a mais.

No caso dos comentários, essa palavra ganha um outro relevo porque é bem mais fácil ser ético cara-a-cara do que ser ético numa coisa que não se domina. Sim, caro leitor. Por vezes, a falta de ética está directamente ligada à falta de conhecimento. Quando não conhecemos determinado lugar, não sabemos na íntegra que passos podemos dar para que não erremos. Assim, digo com toda a convicção, que muitos até sabem o que significa ter atitudes éticas, no entanto no que diz respeito à Internet, a manifestação dessa qualidade torna-se cada vez mais difícil, porque tendemos a misturar o real com o virtual, não dando importância a coisas que têm, de facto, importância, só que por algum motivo não estão visíveis.

Agora, coloca-se a questão: Como posso comentar sem invadir o espaço alheio? Por outras palavras, em que circunstâncias é que posso aplicar a ética quando comento nas redes-sociais ou em blogues?

Sem dúvida que é necessário ter o bom senso de pensar primeiro antes de escrever. Uma dica infalível é por exemplo: colocar-nos no lugar da outra pessoa. Será que eu gostava de receber um comentário assim? Ao pensar antes de agir, vai de certeza evitar muitos problemas. 

Caro leitor, abaixo está uma lista com exemplos de várias situações que acontecem diariamente e que chateiam os profissionais do mundo blogueiro e das redes-sociais.

Comentários fora do contexto. Muitos comentam uma coisa completamente diferente daquilo que estamos à espera. Essas pessoas mostram nos seus comentários que não leram nada daquilo que foi postado. No fundo, apenas quiseram chamar a atenção ou divulgar outras coisas que não têm nada a ver com o contexto.

Comentários apenas com link. Esta é das coisas mais pirosas que se pode fazer num blogue. E está intimamente relacionada com a primeira situação da lista.

Comentários "me adiciona". Este comentário é sem dúvida o mais irritante que há. Isto acontece principalmente no facebook em determinados grupos. Tenho por hábito espalhar o que escrevo na minha página de perfil, na minha página oficial e em diversos grupos e de quando em vez deparo-me com alguns " engraçadinhos" que não têm graça nenhuma. Porque, eu estou ali para partilhar conteúdo, não para fazer amizade com qualquer um.

Estes, são apenas alguns exemplos que mostram o que não se deve fazer. Tenho a certeza que o leitor já se deparou com situações similares. Que mais situações destas conhece? É um comentador assíduo de blogues, sites ou redes-sociais?

Sem comentários:

Arquivo do blogue