Traduza para o seu idioma

domingo, 27 de julho de 2014

Desfaço-me!

Desfaço as malas ao chegar.
Retiro a bagagem que me esmaga.
Desfaço-me em lágrimas ao olhar
para aquilo que deixo partir.

Não sei se voltarei a sorrir
tal é a dor que hoje sinto.
Ver o meu mundo cair
é bem pior do que absinto.

Quem me dera que apenas seja
um mero pesadelo ruim.
Espero acordar depressa
e retirar este nó dentro de mim.

Por isso desfaço-me em pedaços.
Meu coração está triste e só.
De que mais preciso, são mil abraços
que desfaçam este nó.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários:

Arquivo do blogue