Traduza para o seu idioma

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Os senhores do Universo e a Princesa Demónio - de Fernando Alagoa

Ao começar a ler sobre Prosopon, fiquei curiosa com o que se seguiria. Fiz uma imagem mental daquilo que li e achei por bem continuar a leitura na noite seguinte, receando passar por mais uma insónia, daquelas que me tira o sono na hora de dormir, mas que me o devolve pela manhã, acabando por caminhar com um ar absorto e distante com umas olheiras até aos pés. No entanto, ao fechar os olhos voltaram à minha cabeça as imagens pré-concebidas que me faziam vaguear em busca de respostas que pudessem ajudar os senhores do Universo a vencer os seus propósitos. Assim, voltei a estender a mão para o interruptor da luz da mesinha de cabeceira e num piscar de olhos voltei a sentar-me muito direita mas de modo confortável de modo a não perder pitada das páginas que se seguiam. Desta vez não faltou a luz, pelo que pude ler o resto mais depressa. Eram umas cinco horas da manhã quando terminei, com um sorriso de orelha em orelha. 

Quando tive oportunidade de conhecer o livro do meu amigo e Escritor Fernando Alagoa, não imaginava o grande potencial que aquela alma encerra. Pelos títulos, os seus livros pouco ou nada me diziam. Mas quando me desafiei e os li, mudei de opinião. São de uma inteligência fantástica que se sobrepõe ao próprio autor da história. Ao lê-los sinto que a própria história ganha vida. Pareceu-me que enquanto os lia as personagens interagiam comigo e eu com elas. O autor, embora presente, está apenas como espectador para ver como se safa o leitor perante o seu interessante raciocínio. E consegue através das suas palavras tele-transportar-nos para um outro mundo que não o nosso.

Recomendo a leitura dos dois fenómenos desta saga chamada "Senhores do Universo". O primeiro, o "Milagre de Fátima", é de um encadeamento perfeito no que diz respeito aos factos históricos, além de ser o começo de todo o enredo. O segundo, a "Princesa Demónio", é a continuação de todos os mistérios que encerram o primeiro livro. É a descoberta das coisas mais incríveis que possamos imaginar sobre a nossa própria origem como seres humanos. Quem sabe se depois de tamanha leitura encontra finalmente um motivo para a sua própria existência! Vale a pena conferir. 

2 comentários:

Fernando Alagoa, Autor disse...

Cara amiga, obrigado por me leres! É preciso dar oportunidade aos autores portugueses, lendo-os!

Carpe diem to me disse...

Obrigado por partilhares!
Beijinhos

Arquivo do blogue