Traduza para o seu idioma

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Pediram-me poemas.

Pediram-me poemas
então eu os fiz.
Pediram-se sorrisos
e eu os dei.
Pediram-me abraços
eu não recusei.
Pediram-me amizade
eu não me esquivei.
Pediram-me uma ideia
eu não recuei.
Pediram-me dinheiro...
e eu já não tinha mais nada a oferecer.
O que teria eu mais a perder?

Então passei a responder:
"Na verdade isso não te posso dar
porque o meu valor está em amar
aqueles que me amam também."

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários:

Arquivo do blogue