Traduza para o seu idioma

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

As palavras

Há palavras que me beijam
palavras claramente meigas
que derretem quais manteigas
e que, de tão calmas bocejam.

Há palavras afiadas
eficazes quais espadas.
E há palavras ruins
bem piores do que granadas.

Há palavras singelas
simples de pronunciar,
palavras quais aguarelas
que me desafiam a pintar.

Há palavras que martelam
o meu espírito toda a noite
e quando finalmente me levanto
espero que uma delas me afoite.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

4 comentários:

António disse...

Há palavras, belas, que formam belos poemas, este é o caso. Parabéns.

Escreve com sentimento, só assim faz sentido escrever.

Bj!

Jeferson Cardoso disse...

Olá Jovita!
Palavra falada ou escrita não tem volta... Pode ser ‘morte ou vida’, depende da forma que for usada.
http://jefhcardoso.blogspot.com lhe espera. Abraço!

Jovita Capitão disse...

Obrigada António pelas suas palavras de incentivo. Seja sempre bem-vindo!

Jovita Capitão.

Jovita Capitão disse...

Obrigada pelo seu comentário Jeferson. Seja bem-vindo.

Já visitei o seu blogue e já o sigo.
Gostei!

Um bem haja!

Jovita Capitão.