Traduza para o seu idioma

quarta-feira, 4 de maio de 2011

FMI em Portugal



FMI. Agora não se fala noutra coisa. Até parece que é uma coisa tão boa que não somos capazes de parar de falar. Mas não. Quem nos dera que fosse uma coisa boa. Mas não é. Desengane-se se pensa que o país vai melhorar só por causa desses sujeitos. Não! Infelizmente as coisas vão piorar. Se ao menos o PEC 4 não fosse chumbado, a esta hora não estávamos numa situação de turbulência governamental e não teríamos o nosso país a afundar. Agora temos de nos perguntar? Afinal para onde vai o nosso dinheiro? Sim! Para onde vai o dinheiro dos contribuintes do nosso país? Será que vamos ter de voltar à idade da pedra para podermos sobreviver? Será que temos de voltar à caça, à pesca, e a agricultura para termos o que comer? Estas e outras questões por enquanto ficam sem resposta. Apesar das inúmeras entrevistas aos nossos políticos, continuamos sem respostas. Só vamos compreender a nossa sorte depois das negociações entre o governo e os Homens da Troika. Esses continuam a verificar as nossas finanças e enquanto isso o futuro de Portugal continua em suspenso. E apesar de a negociação estar quase terminada a verdade é que ainda não sabemos na íntegra o que se vai realmente passar nos próximos anos. Agora é o tempo para apertar o cinto e poupar o máximo possível. Quem tem trabalho, apesar da precariedade vai ter de aguentar. Quem não o tem, tem de continuar a procurar, a procurar, a procurar, até ver uma luz ao fundo do túnel. Só não podemos perder a esperança. Porque quando alguém perde a esperança deixa de lutar. Mas não é de desanimo que o país precisa. Todos nós precisamos de remar o barco para o mesmo lado, para que possamos alcançar a terra firme e suspirar de alívio.

Sem comentários:

Arquivo do blogue