Traduza para o seu idioma

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Metade Cigarra, metade Formiga!



Todos nós temos um pouco de Cigarra e um pouco de formiga. Toda a gente precisa de trabalhar para sobreviver e todos nós merecemos descanso. Todos nós merecemos ter uma vida melhor envolta em sonhos, mas antes de alcança-los precisamos fazer alguma coisa. 

Por isso é que digo que todos somos metades distintas. Uma metade de mim quer ser Formiga, a outra quer ser Cigarra. O que devo fazer? 

Bem. Isto não é assim tão mau. Ninguém ao cimo da terra é uma só coisa. Eu, por exemplo, gosto que fazer coisas muito distintas. Gosto de escrever, de ler, de viajar. Gosto de Literatura, cultura, Arte. Mas também gosto de empreender, gosto de trabalhar, gosto de liderar um projecto, sou focada, empenhada e amo tudo aquilo que faço. 

Voltando ainda aos estereótipos, porque razão os que gostam mais da formiga por ser trabalhadora, desprezam a Cigarra só porque gosta mais de cantar? E por que motivos os adeptos da Cigarra, da Arte, da Cultura e do bem-estar desprezam aqueles que, de sol-a-sol se dedicam a trabalhar? 

Ambos estão certos. Não temos de criticar! Cada um sabe de si e dá de si mesmo aquilo que pode dar.

Sem comentários:

Arquivo do blogue