Traduza para o seu idioma

terça-feira, 1 de julho de 2014

A gata Virtude

Imagem do Facebook

Numa animada conversa no Facebook, saíram alguns poemas. Tudo por causa de se dizer que no meio é que está a virtude. E eu que pensava que era um gato que estava ao meio da foto, descobri que: se no meio é que está a Virtude, só podia ser uma gata. 

Abaixo estão os referidos poemas dedicados à gata Virtude. Espero que gostem.



A gata virtude, por Jovita Capitão.

A virtude era uma gata
que gostava de comer
no prato nada sobrava
passava a vida a lamber.

Quando nada
no prato restava,
desatava a miar.

Vinha a Dona
que ela amava
e começava a ronronar.

Se tivesse uma gata
desta natureza
seria uma Virtude
com toda a certeza.


A gata Virtude, por Ana Paula Soares.

Ia um dia a Virtude
comer um bom carapau.
Mas detrás de um talude
Apar´ceu um pica-pau!

- Passa para cá esse peixe!!
Diz ele com um ar mau...
- Amigo, pelo menos deixe
Qu´eu prove de sal...MIAU, MIAUUUU!!!


Sem comentários:

Arquivo do blogue