quinta-feira, 15 de maio de 2014

Mar alto

Às vezes parece que estou noutro mundo
viajando a mil pés no infinito profundo,
cantando, dançando, rodopiando
de mãos dadas com o oceano.

Nesse mar alto agitado
seguem-se ventos a mil.
Um barco lá longe, coitado
agita-se para cá e para lá
tentando tudo para não cair.

Assim também está minha mente,
agitada neste mar de gente,
tentando manter a sanidade
numa terra imensamente estranha
onde loucos a povoam, sem idade.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários: