Traduza para o seu idioma

sexta-feira, 28 de março de 2014

Madrugada fria.

Hoje troquei as habituais insónias
pela vontade de me levantar cedo.
Vim para Lisboa para ver o sol.

No entanto, por mais que procurasse,
não encontrei um pouco que restasse.
Talvez mais tarde tenha mais sorte.

Está um frio de rachar
nem os casacos agasalham.
Nesta madrugada fria
ficaram os ventos que restavam.

Gelada, fiz-me forte
e aguentei o mais que pude
na estação de entre-campos
entretive-me a escrever.

Ai quem me dera ver o sol.
Vê-lo dar-me-ia muito prazer.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

2 comentários:

Carpe diem to me disse...

Eu acordei cedo e aproveitei para correr pela cidade mas também não vi o sol.
Beijinhos,
Boa sexta-feira!

Jovita Capitão disse...

Obrigada! Bom fim-de-semana! :)