Traduza para o seu idioma

segunda-feira, 8 de julho de 2013

O que eles não sabem, eu sei.

Eles não sabem quem eu sou.
Nunca fiz questão que soubessem.
Mas para todo sítio que eu vou
há coisas que merecem
ser contadas de outra forma
senão se desvanecem.

Eles não sabem quem eu sou
porque se eles soubessem
talvez a minha vida mudasse.

Eu acho que eles se esquecem
que não é a profissão que faz a pessoa.
A pessoa é que faz a profissão.
É uma escolha, não uma imposição.

Eles não sabem quem eu sou.
Como podem dar valor,
àquilo que desconhecem?

Eles não sabem quem eu sou.
Mas e se um dia soubessem?
Será que reconheceriam
o meu grande potencial?
Ou será que desprezariam
e me veriam como pessoa normal?

Mas eles não sabem quem eu sou.
por mais que eu tente explicar.
Pois, para todo o sítio que eu vou
tentam desesperadamente minimizar
o meu talento e o meu pensar.

Eles não sabem quem eu sou
porque não querem aceitar
que cada pessoa é única
e livre de se expressar.

Eles não sabem.
Mas eu sei.

Por isso vou-me alegrar
e vou continuar a lutar.
E sei que mereço vencer,
passados tantos anos a escrever.

Jovita Capitão, Rainha das insónias.

2 comentários:

Carpe diem to me disse...

É claro que vais ter sucesso!
Escreves muitíssimo bem e mereces tudo de bom! :)

Beijinhos

Jovita Capitão disse...

Obrigada!!! Faço tudo para que o sucesso seja uma constante. A escrita é o meu propósito de vida.

Beijinho.

Arquivo do blogue