Traduza para o seu idioma

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Palavras que correm dentro de mim

Quis escrever algo interessante
para que se lembrassem de mim
no entanto, por um instante,
as palavras desataram a correr.

Sozinhas, corriam e eu tentava apanha-las.
Quisera eu tentar sossega-las!
Mas elas correram até que as perdi.
Senti-me vencida e desisti.

Até que, sentada numa letra
tão cansada adormeci.
Entrei num sono profundo
e nem me apercebi.

De repente, as palavras que eu queria
apareceram como que por magia
e eu não cabia em mim de alegria!

Quando acordei, tinha dentro de mim
todas as palavras do mundo para escrever.
Uma coisa destas! Quem podia prever?

Só a imaginação tem algo a dizer:
que o sonho comanda a vida
e não há como escapar
a esse eterno prazer.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.


Sem comentários:

Arquivo do blogue