Traduza para o seu idioma

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Tanta angústia

Tanta angústia!

Mágoas passadas
que voltam ao presente
em todas as alvoradas
que me deixam demente

Tanta angústia!

Em que floresce a dor
neste meu coração
quisera eu antes amor
do que tribulação

Tanta angústia!

Este massacre não se esgota
passem horas, dias ou anos
Não há nada que me faça esquecer
estes dias demasiado insanos

Tanta angústia!

Tinha esperança de me esquecer.
Ter uma amnésia passageira
era tudo o que eu mais queria
para não ter de sofrer.

Tanta angústia!

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários:

Arquivo do blogue