Traduza para o seu idioma

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Recomeços...

Pois é meus queridos amigos e leitores, a vida é repleta de recomeços. Quando menos esperamos vem um vendaval de situações que nos leva para outros caminhos. Eu passo a vida a recomeçar... excepto quando é a escrita que me move. É por ela que continuo todos os dias mesmo que à partida não ganhe minimamente nada com isso. Aliás, ganho sempre alguma coisa. Não dinheiro, claro. Mas reconhecimento, um comentário apreciativo, uma partilha ou um simples like no facebook. Mas não é exactamente isso que um escritor espera quando escreve um texto, certo? Certo. A valorização também existe quando somos pagos pelo trabalho que fazemos. E se esse trabalho envolve dias, semanas, ou mesmo meses, devia ser bem remunerado. Infelizmente, por mais anos que passem as Artes continuam a ser subvalorizadas. Enfim... mas não é este o tema do texto de hoje. O tema é "Recomeços". Ok! Mas recomeços porquê, perguntam vocês? Bem, recomeços no sentido de levar mais a sério este trabalho que já faço há mais de 20 anos. Pretendo aumentar o ritmo em termos literários, de uma forma profissional, sem descurar outras situações da vida que também são importantes no momento presente. Recomeçar, significa mais do que começar outra vez. Na nossa mente, quando pensamos em recomeçar, transmitimos uma força holística à palavra. Como se a palavra " recomeçar" se tornasse um sopro imperativo atrás da nossa orelha. Um incentivo àquilo que é de facto de mais sagrado em nós. E por essa razão. pretendo recomeçar e continuar sempre a escrever mais e mais até "esgotar" todas as palavras.

Sem comentários:

Arquivo do blogue