Sigam o meu blogue! Tenho sempre novidades!

Traduza para o seu idioma

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Quando a noite abafa o dia, chamo a lua.

Quando a noite abafa o dia
chamo a lua para iluminar
os caminhos por onde ando
os lugares onde me encontro.

Quando a noite abafa o dia
chamo a lua para ser minha amiga.
Ela aparece muito brilhante
sorridente e triunfante.

Quando a noite abafa o dia
chamo a lua. Já não me sinto só.
Ficamos as duas a contar as estrelas.
E só nós duas ficamos a vê-las.

Quando a noite abafa o dia
chamo a lua para dançar.
Ela não dança, só rebola
e começa a inventar.

Quando a noite abafa o dia
é hora de ir dormir.
Mas eu não quero ir para a cama
Quero apenas me divertir.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários:

Arquivo do blogue