Traduza para o seu idioma

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

O Mostrengo das Insónias

Existe um mostrengo que se esconde
debaixo da minha cama.
É ele que me não me deixa dormir.
Pois, cada noite fica mais medonho.

A chiadeira que faz aos meus ouvidos
é a mesma que fazia aos inimigos
no seu imenso mar.

Nem El Rei D. João II,
nem os marinheiros de outrora,
sabiam que ele voltaria para me atormentar.

Existe um mostrengo que se esconde
cada vez que fecho os olhos.
Não quer que eu ultrapasse o bojador.
E gosta de me ver a contorcer de dor.

A chiadeira que faz aos meus ouvidos
é a mesma que fazia aos inimigos
no seu imenso mar.

Nem El Rei D. João II,
nem os marinheiros de outrora,
sabiam que ele voltaria para me atormentar.

Mas o que o mostrengo não sabe
é que sou mais forte do que ele.
Posso ter medo, mas evito demonstrar
para que o cabo da esperança possa passar.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários:

Arquivo do blogue