Traduza para o seu idioma

terça-feira, 5 de abril de 2016

Espécies Raras - Reflexão

Há coisas que me fazem pensar e repensar naquilo que se passa à minha volta. Penso que esta seja uma característica comum de todos aqueles que fazem da escrita o seu refúgio. Além de ser um refúgio acredito que a escrita tem o poder de nos moldar e de nos tornar pessoas melhores. 

Devido a um pequeno episódio que prefiro não revelar aqui, fiquei a pensar como o ser humano consegue ser tolo! A mania das grandezas não fica bem a ninguém e penso que quem sofre disso acaba sempre por ficar sozinho. 

É óbvio que toda a gente gosta de ter um sentimento de importância em relação a algo. O problema é quando essa mesma importância se torna excessiva e obsessiva. 

É uma pena que pessoas tão inteligentes tenham comportamentos destes, diminuindo os outros para se sentirem melhor. Não sou assim e nem gosto de ter à minha volta pessoas desta espécie rara.

Talvez, devido àquilo que faço paralelamente à escrita, os leitores possam pensar que esse tipo de situações se verifica em mim. Garanto-vos que não. Sou tímida, gosto de ter momentos a sós comigo, tenho outros momentos em que a comunicação se torna importante, mas... cada coisa no seu lugar. Toda a gente pode ser importante sem levar vantagem das pessoas à sua volta. 

Sem comentários:

Arquivo do blogue