Traduza para o seu idioma

sábado, 16 de janeiro de 2016

A Fúria do Vento

A fúria do vento
Não me deixou dormir.
Por pensar no mau momento
Que os Açores estavam a sentir.

O Alex apresentou-se
Em forma de furacão.
Amedrontou toda a gente.
Inclusive o meu irmão.

Meu coração ficou alerta
Minha mente, solidária.
Felizmente passou rente,
Entre as ilhas, sem represálias.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários:

Arquivo do blogue