Traduza para o seu idioma

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

A Mosca

A mosca entrou pela janela
e recusou-se a sair.
Está quente aqui! - Disse ela,
enquanto olhava para mim.

Assustei-a, enxotei-a
mas ela não fugiu.
Venceu-me pelo cansaço
que entretanto surgiu.

Deixei-a ficar, por fim.
Porque me faria mal?
A coitada só tem frio...

Começamos então a conversar
E ela contou-me a sua história.
A sua vida estivera por um fio.

Com um mata-moscas gigante
muitos quiseram mata-la!
E ela só queria fugir...

Por fim,
Encontrou a minha casa
e não tinha para onde ir.

Tanta pena tive dela
que acabei por adoptá-la.
Chamei-a de Cinderela.
pois, sonhadora, já era ela.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Sem comentários:

Arquivo do blogue