Traduza para o seu idioma

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Eu e o Mar

Sinto a mudança no ar.
Sinto as ideias a dançar.
Vejo ao longe o mar
e ouço o seu rosnar.

Se até o mar precisa
de tempestade e de bonança,
muito mais eu preciso
de fazer essa mesma dança.
Porém, nunca deixando
minha eterna alma de criança.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

2 comentários:

Anónimo disse...


O Mar, sempre inspirador. Gostei muito de ler.
Ao Futuro!

António Castro

Jovita Capitão disse...

Obrigada pela visita e pelo comentário caro amigo António Castro! Ao futuro sempre! :)

Arquivo do blogue